Correio do Povo | Notícias | 10ª Bienal do Mercosul inicia nesta sexta em Porto Alegre

Porto Alegre, quinta-feira, 18 de Julho de 2019

  • 23/10/2015
  • 13:27
  • Atualização: 16:28

10ª Bienal do Mercosul inicia nesta sexta em Porto Alegre

Edição do festival artístico traz 646 obras de artistas latino-americanos

Obra

Obra "Só resta o cheiro" mescla odores de diferentes perfumes e está em exposição em “Olfatória: o cheiro na arte” | Foto: Everton Ballardin / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Eric Raupp

A partir desta sexta-feira, Porto Alegre deixa de ser apenas a capital do Rio Grande do Sul para se tornar também a capital da arte na América Latina. Às 19h30min acontece a cerimônia de abertura da 10ª Bienal do Mercosul no Santander Cultural, cuja programação se estende até o dia 6 de dezembro, conduzida pelo tema “Mensagens de Uma Nova América”.

Os trabalhos – mais de 600 -, que vão desde pinturas e pequenos objetos manufaturados até instalações, estão divididos em sete mostras distintas: “Modernismo em Paralaxe”, “Biografia da Vida Urbana”, “Antropofagia Neobarroca”, “Marginália da Forma”, “Olfatória: o cheiro na arte”, “Apoeira e o mundo dos objetos” e “Aparatos do Corpo”.

Entre as obras de destaque desta edição, figuram: “El Desmembrado” (exposta no Santander Cultural), pintura de José Clemente Orozco, que mostra um retrato da fragmentada sociedade mexicana, enfatizando a cultura pré-hispânica, anulada pelo processo de colonização; parangolés – roupas formadas por camadas de panos coloridos, estandartes, capas e bandeiras – que revelam suas estruturas quando em movimento, do brasileiro Hélio Oiticica; e "Tropicália" (na Usina do Gasômetro), também do artista nacional, proposta de instalação que convida o público a percorrer seu espaço, interagindo com a obra. Merece atenção ainda “A Logo for America”, de Alfredo Jaar, que consiste em um luminoso suspenso em frente ao Centro Cultural CEEE Erico Verissimo, com a pretensão de desconstruir a percepção estadounidense sobre o que é América.

Abaixo você confere em detalhes a temática das mostras, locais de exposição e horários de funcionamento da Bienal: