Correio do Povo | Notícias | Na Bienal, colombiano expõe obra colaborativa com artistas gaúchos

Porto Alegre, quarta-feira, 17 de Julho de 2019

  • 28/10/2015
  • 16:10
  • Atualização: 16:26

Na Bienal, colombiano expõe obra colaborativa com artistas gaúchos

Trabalho deu origem à "Confésion – Cenário olfativo-acústico"

Trabalho promove questionamentos e reflexões | Foto: Rodrigo Gruner / Divulgação / CP

Trabalho promove questionamentos e reflexões | Foto: Rodrigo Gruner / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Os artistas residentes do Acervo Independente - uma casa em Porto Alegre pensada para abrigar arte de todas as maneiras e expor a obra de iniciantes - realizaram com o colombiano Oswaldo Maciá o projeto colaborativo "Confésion – Cenário olfativo-acústico". A obra está exposta até o dia 6 de dezembro na própria sede do Acervo, no centro da Capital (rua General Auto, 219), de segunda a sexta das 14h às 19h e sábado das 14h às 18h.

• 10ª Bienal e sua programação

Diálogo, reflexão e uma poética questionadora, surgida a partir de indagações e proposições de Maciá, deram origem a uma série de perguntas sobre o papel do indivíduo em um mundo fragmentado. Questões como o conflito na Síria, os refugiados, aqueles que não encontram um lugar para chamar de lar, os que sobrevivem com a escassez de alimento e, ainda, o que de fato é a definição de estética e como se atribui o conceito de arte permeiam o projeto.

Uma exposição de muitas perguntas e diferentes entendimentos, "Confésion" convida o público a interagir com palavras e desenhos, utilizando um quadro negro, que remete ao cotidiano escolar, como sua própria janela particular.