Porto Alegre

17ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 27 de Maio de 2017

  • 06/01/2017
  • 10:57
  • Atualização: 11:08

"La La Land", "Moonlight" e "Manchester à beira mar" são favoritos no Globo de Ouro

Cerimônia abre temporada de prêmios que termina com Oscar

É quase certo que

É quase certo que "La La Land" vença como melhor musical ou comédia | Foto: La La Land / Divulgação / CP

  • Comentários
  • AFP

O sonho pela fama em Hollywood, a tragédia de um traficante gay preso no armário de sua realidade, o desespero de um tio responsável por seu sobrinho órfão: "La La Land: cantando estações", "Moonlight: sob a luz do luar " e "Manchester à beira mar", são os favoritos ao Globo de Ouro.

• "La La Land" conquista principal prêmio do Círculo de Críticos de Filmes de Nova Iorque

O tributo de Damien Chazelle à era de ouro dos musicais dos Estados Unidos tem sete indicações aos prêmios que serão entregues no domingo, enquanto os dramas familiares de Barry Jenkins e Kenneth Lonergan chegam com seis e cinco, respectivamente. A disputa é travada em diversas categorias, especialmente no drama, embora seja quase certo que "La La Land" vença como melhor musical ou comédia e seus protagonistas Ryan Gosling e Emma Stone como melhores atores do mesmo gênero.

Casey Affleck, Mahershala Ali, Viola Davis e Natalie Portman também aparecem como fortes candidatos. O Globo de Ouro, entregue por membros da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA, em Inglês), abrem a temporada de premiações que termina com o Oscar. "É uma das melhores festas do ano. Há apenas 1.200 assentos e são difíceis de conseguir... E Hollywood sabe que o Globo de Ouro atinge um grande público, é importante que os filmes estejam ali", ressaltou Tim Gray, editor de prêmios para a revista Variety.

Larraín, "Neruda" e "Jackie" 

Portman é favorita para o prêmio de melhor atriz dramática por seu papel no filme biográfico "Jackie" sobre a ex-primeira-dama dos Estados Unidos Jacqueline Kennedy, dirigido pelo chileno Pablo Larraín, que também foi indicado por "Neruda" na categoria de melhor filme em língua estrangeira. Larraín já havia sido indicado por "El Club" no ano passado.

Neste último filme, estrelado pelo mexicano Gael García Bernal e o chileno Luis Gnecco, o diretor reconstrói a perseguição implacável ao poeta Pablo Neruda no Chile, em 1948, quando o governo proibiu o Partido Comunista e retirou seu foro de senador. Mas a concorrência é dura e atrás da estatueta estão os franceses "Divines" e "Elle", o franco-iraniano "The Salesman" e o alemão "Toni Erdmann", que soa como potencial vencedor.

"Houve uma produção de filmes estrangeiros muito boa e foi um grande ano para Pablo e seu irmão, [produtor] Juan de Dios. Para muitas publicações, Pablo foi o melhor diretor do ano", disse à AFP o críticvo do jornal chileno El Mercurio, Ernesto Garratt. Apesar disso, o chileno não foi indicado na categoria de melhor diretor. A disputa está entre Chazelle, Jenkins e Lonergan, além de Tom Ford ("Nocturnal Animals") e Mel Gibson ("Até o último homem").

"'La La Land' poderia ganhar em sete categorias" nas quais foi indicado, mas "o Globo de Ouro tende a distribuir mais suas premiações. Não vemos com frequência um filme conquistar mais de três ou quatro" prêmios, disse Beachum. Maestro GaelGarcía Bernal, que interpreta o policial que persegue o poeta comunista, procura defender o Globo de Ouro que conquistou um ano atrás por seu papel como maestro na série "Mozart in the Jungle", que também buscará repetir como melhor comédia de TV.

Na televisão, destaca-se a história criminal "The People v O.J. Simpson: American Crime Story", que participa em cinco categorias. A série dramática "The Night Manager", transmitida pelo canal AMC, segue de perto com quatro, enquanto "Black-ish", "The Crown", "A Night Of", "This Is Us" e "Westworld" disputam três categorias cada. O canal HBO tem um total de 14 indicações. O mexicano Diego Luna e a colombiana Sofia Vergara estarão entre as personalidades que apresentarão algumas das categorias, além de Drew Barrymore, Sylvester Stallone, Nicole Kidman e Reese Witherspoon.

O comediante Jimmy Fallon será o anfitrião da cerimônia realizada em um hotel em Bervely Hills e que é muito mais descontraída do que o Oscar ou Emmy. O champanhe servido durante toda a noite provavelmente ajuda. "As estrelas vão ficando progressivamente bêbadas à medida que a noite avança", comenta Jack Mirkinson do site de cultura pop Fusion.