Porto Alegre

24ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 18 de Novembro de 2017

  • 01/11/2017
  • 12:11
  • Atualização: 12:19

Povoado inglês queimará imagem gigante do produtor Harvey Weinstein

Americano é acusado de cometer abusos sexuais durante anos

Americano é acusado de cometer abusos sexuais durante anos | Foto: Ben Stansall / AFP / CP

Americano é acusado de cometer abusos sexuais durante anos | Foto: Ben Stansall / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O pequeno povoado de Edenbridge, no Sul da Inglaterra, queimará no sábado, em uma tradicional festa anual, uma imagem gigante do produtor de cinema americano Harvey Weinstein, acusado de cometer abusos sexuais durante anos.

Na Inglaterra, todo dia 5 de novembro ou no fim de semana que se segue, é celerada a chamada "Bonfire Night" ("Noite das fogueiras"), onde se representa a queima do conspirador católico Guy Fawkes que, em 1605, quis explodir o Parlamento.

• Harvey Weinstein é expulso da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas

Nos últimos anos, o povoado de Edenbridge ficou conhecido por queimar, junto à efígie de Guy Fawkes, figuras de personalidades conhecidas, como Donald Trump no ano passado. Este anos, a escultura - uma armação de aço cheio de papel jornal embebido com líquido inflamável - representa Weinstein segurando um Oscar e um sutiã.

Junto há uma jovem loura que coloca entre suas partes íntimas uma claquete com as palavras "Final Cut", scene#4" ("Corta, cena 4"). Mais de 80 mulheres, entre elas as atrizes Gwyneth Paltrow e Angelina Jolie, acusaram publicamente o produtor de tê-las assediado ou estuprado.