Porto Alegre

24ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 18 de Novembro de 2017

  • 13/11/2017
  • 08:37
  • Atualização: 12:52

Ciclo de filmes nacionais ganha nova mostra

Sessões em Porto Alegre serão realizadas na Sala Redenção do Campus Universitário da Ufrgs

Ciclo de filmes nacionais ganha nova mostra | Foto: Panda Filmes / Divulgação / CP

Ciclo de filmes nacionais ganha nova mostra | Foto: Panda Filmes / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A Mostra Sesc de Cinema começa nesta segunda-feira em todo o País. Em Porto Alegre, as sessões serão realizadas na Sala Redenção do Campus Universitário da Ufrgs (Paulo Gama, s/nº). Conforme o coordenador de Música e Audiovisual do Sesc-RS, Anderson Mueller, o ciclo é resultado do edital nacional lançado em 2016 para seleção de filmes nas modalidades curta e longa-metragem. Foram 1250 inscritos em todo o Brasil, destes 957 tiveram as documentações validadas para avaliação, sendo 850 curtas e 107 longas.

Desse universo foram selecionados para compor a primeira Mostra Sesc de Cinema 34 obras, sendo oito longas e 26 curtas-metragens. Com esse recorte espera-se apresentar um panorama da produção audiovisual atual nas cinco regiões do país, propiciando ao público acesso a conteúdos que abordam, representam e constituem um apanhado de temas, questões, expressões e propostas estéticas que possibilitem discussões e reflexões, trazendo contribuições para nosso desenvolvimento individual e coletivo.

As obras apresentam diversas temáticas, versando sobre questões de gênero, sexualidade, afetividade, psique, problemas urbanos, memórias, magia e infância, arte e seus processos. As exibições por conta da confluência e relação de assuntos tratados, estão organizadas em programas: “Das Dores da Alma e do Corpo”; “Dos Afetos”; “Das Questões Urbanas”; “Dos Processos Criativos e dos Artistas”; e “Do Universo Infanto-Juvenil”. Horários alternados a cada dia.

A Mostra Sesc de Cinema também promoverá sessões em cidades como Alegrete, Uruguaiana, Canoas e Bento Gonçalves. Entre os filmes estão títulos gaúchos, como a ficção “Em 97 Era Assim”, de Zeca Brito, sobre um grupo de amigos que passa pela adolescência nos anos 90; o documentário “Central”, da diretora Tatiana Sager, sobre o presídio de Porto Alegre; e o curta em animação “Lipe, Vovô e o Monstro”, de Felipe Steffens e Carlos Mateus.


TAGS » Cinema, Filme, Variedades