Porto Alegre

22ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 18 de Novembro de 2017

  • 14/11/2017
  • 09:21
  • Atualização: 12:50

Começa a rodagem do novo filme de Furtado

Produção da Casa de Cinema chamada Rasga Coração foi adaptada à peça homônima de Oduvaldo Vianna Filho

Produção da Casa de Cinema chamada Rasga Coração foi adaptada à peça homônima de Oduvaldo Vianna Filho | Foto: Fabio Rebelo / Divulgação / CP

Produção da Casa de Cinema chamada Rasga Coração foi adaptada à peça homônima de Oduvaldo Vianna Filho | Foto: Fabio Rebelo / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Começaram em Porto Alegre, na semana passada, as filmagens do longa-metragem “Rasga Coração”, uma produção da Casa de Cinema de Porto Alegre. O filme, dirigido por Jorge Furtado, é uma adaptação da peça homônima de Oduvaldo Vianna Filho, com roteiro assinado pelo diretor ao lado de Ana Luiza Azevedo e Vicente Moreno. “Rasga Coração” conta a história de Manguari Pistolão (Marco Ricca), militante anônimo que, depois de 40 anos de lutas, vê o filho Luca (Chay Suede) acusá-lo de conservador. Sem dinheiro para fechar o mês, sofrendo com as dores de uma artrite crônica e num crescente conflito com Luca, Manguari passa em revista seu passado e se vê repetindo as mesmas atitudes de seu pai. Intercalando fragmentos de vários momentos da vida de Manguari, o filme atravessa 40 anos da vida política e histórica brasileira.

Última peça escrita por Vianninha, como era conhecido, além de censurada, teve sua encenação e publicação proibidas e mesmo assim recebeu primeiro prêmio no concurso do SNT, por unanimidade da banca, sendo liberada pela censura cinco anos depois. No prefácio da peça, escrito em fevereiro de 1972, o autor dedicou a obra à geração que o antecedeu e que, na sua avaliação, foi a que politizou em profundidade a consciência do país. No elenco, além de Ricca e Suede, estão Drica Moraes, Luisa Arraes, George Sauma, João Pedro Zappa, Duda Meneghetti, Kiko Mascarenhas, Fabio Enriquez, Nelson Diniz, Anderson Vieira e Cinândrea Guterres. As gravações seguem até o dia 4 de dezembro na Capital. A previsão de lançamento nas salas comerciais é setembro de 2018.


TAGS » Cinema, Filme, Variedades