Porto Alegre

25ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

  • 27/11/2017
  • 16:37
  • Atualização: 16:42

Curta de "Frozen" não agrada ao público norte-americano

Espectadores reclamaram do tempo de duração de "Olaf: Em Uma Nova Aventura Congelante de Frozen"

Espectadores reclamaram do tempo de duração de

Espectadores reclamaram do tempo de duração de "Olaf: Em Uma Nova Aventura Congelante de Frozen" | Foto: Reprodução / CP

  • Comentários
  • AE

A nova animação da Pixar, "Viva - A Vida É Uma Festa", já estreou nos Estados Unidos e teve um primeiro final de semana de sucesso. Porém, a animação, que deve chegar aos cinemas brasileiros no dia 4 de janeiro de 2018, tem um detalhe que desagradou a um número grande de espectadores: o curta animado "Olaf: Em Uma Nova Aventura Congelante de Frozen" que passa antes do filme.

Como é tradição, os filmes produzidos pela Pixar sempre apresentam um curta de animação antes do filme principal, uma oportunidade para os animadores do estúdio inovarem. No entanto, muitas pessoas que foram aos cinemas acompanhar "Viva" recorreram às suas redes sociais para criticar o curta animado. O principal motivo para as reclamações foi o tempo de duração de 21 minutos.

No México, onde a história de "Viva" é ambientada, o jornal Excelsior afirmou que a rede de cinemas Cinemex cancelou a exibição do curta. Havia até uma manifestação agendada contra a exibição do pequeno filme. "Olaf: Em Uma Nova Aventura Congelante de Frozen" funciona como uma continuação do primeiro filme e deve servir para manter a história das duas irmãs princesas na cabeça das crianças até o lançamento da sequência.

"Frozen" é a animação da Disney com maior bilheteria na história e sua continuação está prevista para o segundo semestre de 2019. Na semana passada, o cantor chileno Jaime Ciero acusou o estúdio de plágio pelo tema "Let it Go".