Porto Alegre

25ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

  • 07/12/2017
  • 14:55
  • Atualização: 16:20

Realizadores franceses apresentam "Híbridos, Os Espíritos do Brasil" em Porto Alegre

Priscilla Telmon e Vincent Moon trazem projeto cinematográfico à Vila Flores no domingo

Artistas visuais viajaram o país nos últimos três anos registrando as diferentes demonstrações de fé | Foto: Divulgação / CP

Artistas visuais viajaram o país nos últimos três anos registrando as diferentes demonstrações de fé | Foto: Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O projeto “Híbridos, Os Espíritos do Brasil - uma pesquisa poética e cinematográfica sobre a espiritualidade brasileira”, de Priscilla Telmon e Vincent Moon, chega a Porto Alegre neste domingo num evento realizado pela Aliança Francesa da Capital. Os artistas visuais participam de um debate sobre a iniciativa e seu processo com exibição de curtas a partir das 18h, na Associação Cultural Vila Flores (Rua São Carlos, 753) com entrada gratuita.

Dirigido por Priscilla e Moon, e produzido pelos dois e pela brasileira Fernanda Abreu, "Híbridos" é uma pesquisa etnográfica sobre a multiplicidade do mundo das cerimônias sagradas brasileiras e também sobre a linguagem cinematográfica e seu potencial poético. Composto por diferentes formatos, um complementar ao outro, o projeto ambiciona questionar nossa relação com as imagens nos dias de hoje. A partir de uma pesquisa detalhada, foram registradas mais de 60 cerimônias diferentes pelo país durante os últimos três anos.

Depois do debate, os realizadores apresentam uma performance site-specific ao vivo, no qual ele edita um filme enquanto ela faz improvisos musicais com voz e instrumentos, afetando a plateia de diversas maneiras e provocando uma espécie de “ritual cinematográfico”.

Integrante da “nova geração de cineastas”, segundo a Cinemateca Francesa, Vincent Moon foi o principal diretor dos "Concerts à Emporter", projeto online de filmes musicais de artistas como R.E.M, Tom Jones e Arcade Fire que revolucionou o conceito de vídeoclipes e o jeito de filmar música. No Brasil, trabalhou com artistas como Gaby Amarantos, Tom Zé, Elza Soares e Ney Matogrosso. Desde 2009, Moon se dedica a seu selo nômade PetitesPlanètes. Percorrendo o mundo com sua câmera e seu computador na mochila, faz filmes etnográficos experimentais de forma independente, registrando cenas folclóricas, músicas sagradas e rituais religiosos disponibilizados na internet pela licença Creative Commons.

Já Priscilla Telmon é fotógrafa, escritora e cineasta, percorre o mundo em missões humanitárias e viagens de aventura. Membro da Sociedade de Exploradores Franceses, se dedica a viagens longas que combinam história e aventura. Sua paixão pela exploração e culturas antigas rendem filmes, reportagens e livros. Por meio de palavras e fotografias, áudios e filmes, Priscilla assina diversas reportagens sobre ecologia, os últimos nômades e xamanismo. Publicou "La Chevauchée des Steppes" (Editora Robert Laffont) e "Carnets de Steppes", sobre a sua travessia a cavalo durante sete meses do Cazaquistão ao Mar de Aral. Publicou ainda "Himalayas", (editora Actes Sud), e dirigiu o filme "Voyage au Tibet Interdit", sobre a sua última expedição a pé e sozinha pelo Himalaia durante seis meses.