Porto Alegre

25ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 29 de Março de 2017

  • 09/03/2017
  • 14:03
  • Atualização: 14:16

Filmes de suspense se destacam nas estreias em Porto Alegre

Kristen Stewart estrela "Personal Shopper" como uma jovem que se comunica com mortos

Kristen Stewart tem capacidade de se comunicar com os mortos em

Kristen Stewart tem capacidade de se comunicar com os mortos em "Personal Shopper" | Foto: DIvulgação / Imovision / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Filmes de suspense estão entre os lançamentos desta quinte-feira nos cinemas. “Personal Shopper”, com direção de Olivier Assayas, traz Kristen Stewart como uma jovem norte-americana que mora em Paris e trabalha como assistente de uma celebridade. A garota tem uma capacidade especial para se comunicar com os mortos e suspeita que seu irmão, recém-falecido, esteja tentando enviar uma mensagem ao mundo dos vivos.

“Versões de um Crime”, de Courtney Hunt, traz Keanu Reeves como um advogado criminal. Uma viúva (Renée Zellweger) pede que ele defenda o seu filho de 17 anos (Gabriel Basso), que responde pelo assassinato do pai. E reviravoltas ocorrem durante a investigação.

“Fome de Poder” conta a história da ascensão do McDonald’s. Michael Keaton interpreta o protagonista, o vendedor de Illinois Ray Kroc que adquire uma participação nos negócios da lanchonete dos irmãos Richard e Maurice “Mac” McDonald no sul da Califórnia e, pouco a pouco, eliminando os dois da rede, transforma a marca em um gigantesco império alimentício. A direção é de o John Lee Hancock (EUA).

A produção francesa “Insubstituível”, dirigido por Thomas Lilti, acompanha um médico que trabalha há 30 anos em uma cidade do interior longe de qualquer centro de saúde. Quando descobre que tem uma doença grave, ele precisa encontrar alguém para ficar no seu lugar.

A comédia dramática “Souvenir”, de Bavo Defurne, tem como protagonista uma estrela da música que, com o passar dos anos, vai sendo esquecida. Mas subitamente volta aos palcos. Dentro do Projeto Clássica, o filme “Hiroshima Meu Amor”, de Alain Resnais (1959), retorna às telas de cinema em versão restaurada. Em cena, a relação de uma atriz francesa e de um arquiteto japonês.