Porto Alegre

27ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 21 de Setembro de 2017

  • 13/04/2017
  • 13:02
  • Atualização: 13:04

Documentário "Martírio" resgata lutas históricas dos Guarani Kaiowá

Filme refaz percurso da insurgência pacífica e obstinada de grupos indígenas pela retomada de seus territórios

Filme que aborda questões indígenas entra em cartaz na Sessão Vitrine Petrobras | Foto: Vitrine Filmes / Divulgação / CP

Filme que aborda questões indígenas entra em cartaz na Sessão Vitrine Petrobras | Foto: Vitrine Filmes / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O filme “Martírio” se apresenta como um testemunho. Narrado em primeira pessoa, traz a memória afetiva e de militância do diretor Vincent Carelli junto aos Guarani Kaiowá, que a partir de seus próprios relatos revelam a luta política, a resistência espiritual e a profunda ligação com a terra à qual pertencem.

Carelli, em colaboração com Ernesto de Carvalho e a montadora Tita, refaz o percurso da insurgência pacífica e obstinada de grupos indígenas pela retomada de seus territórios. Com estreia marcada para esta quinta-feira, distribuído através do projeto Sessão Vitrine Petrobras, o longa traz o testemunho e a memória de mais de um século de massacres e da omissão do Estado brasileiro frente ao genocídio em curso no Mato Grosso do Sul.

Valendo-se de arquivos históricos e de imagens produzidas por Carelli junto aos Kaiowá ao longo de anos, o filme busca remontar às origens das políticas indígenas do Estado desde a Guerra do Paraguai e dos sucessivos projetos de integração dos índios ao sistema de trabalho até os tempos atuais. Com enorme repercussão no circuito cinematográfico, “Martírio” foi premiado em inúmeros festivais e mostras no Brasil, tendo sido um dos grandes destaques do Festival de Brasília em 2016, onde ganhou o prêmio do público de Melhor Filme de longa-metragem e o Prêmio Especial do Júri Oficial.

Cineasta e indigenista, Vincent Carelli fundou, em 1986, o Vídeo nas Aldeias, projeto que apoia as lutas dos povos indígenas. Em 2009, Carelli lançou “Corumbiara”, sobre o massacre de índios em Rondônia, primeiro filme de uma trilogia em desenvolvimento que traz seu testemunho de casos emblemáticos no Brasil. “Martírio” é o segundo filme desta série que se encerra com a realização do longa-metragem “Adeus Capitão”, ainda em desenvolvimento.

Veja o trailer:



TAGS » Cinema, Filme, Variedades