Porto Alegre

25ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2018

  • 05/02/2018
  • 14:15
  • Atualização: 14:59

Xavier Dolan corta Jessica Chastain de seu novo filme

Diretor considerou que personagem da atriz não se encaixa por completo em "The Death and Life of John F. Donovan"

Este é o primeiro filme do diretor em inglês | Foto: Divulgação / CP

Este é o primeiro filme do diretor em inglês | Foto: Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O diretor canadense Xavier Dolan anunciou que precisou cortar a atriz estadunidense Jessica Chastain do seu próximo filme, o drama "The Death and Life of John F. Donovan". Em uma postagem no Instagram compartilhada no domingo à noite, o cinesta informou que teve que retrabalhar o primeiro corte do filme, que tinha mais de quatro horas de duração. Ele acrescentou que a decisão era "editorial" e não refletia o desempenho da artista no longa, porque sentiu que a personagem não se encaixava no restante da narrativa.

Por favor, contem comigo e leiam. Talvez não seja a notícia que vocês estavam esperando, mas é algo que eu tinha que lhes dizer, de qualquer maneira. Eu lhes darei outro tipo de informação nas próximas semanas. Não duvidem da minha ânsia de compartilhá-las com vocês", iniciou. "O que vocês precisam saber de mim é que a personagem de Jessica Chastain teve que ser cortada, após um longo período de reflexão. Foi uma decisão muito difícil de tomar. Sinto, em relação à Jessica, um amor muito sincero e uma grande admiração. A decisão foi editorial e narrativa. Essa 'subtrama' de vilã, ainda que engraçada, não me parecia que pertencia ao resto da história, que acabou por não ser sobre heróis e seus nêmesis, mas sobre a infância e seus sonhos", escreveu.

"Há, neste filme, uma conversa sobre showbusiness, sim, mas foi na dinâmica familiar - e, mais uma vez, nas relações entre mães e filhos - que o coração do filme residiu", continuou. "Jessica, desde o início, defendeu esse projeto e me defendeu em tantas ocasiões. Ela é uma ótima atriz, uma artista politicamente comprometida e, mais importante, que implacavelmente defende as causas em que acredita. Ela é respeitada por colegas e amada por seu público. Estou desapontado por não ter revelado as coisas emocionantes que criamos juntos nesta única aventura, mas a vida é longa e as oportunidades perdidas quase sempre representam futuras colaborações futuras".

 

Uma publicação compartilhada por xavierdolan (@xavierdolan) em

"Desde o último maio eu tenho me dedicado diariamente a este filme e à sua edição. Houve uma época em que pensei que o estrearíamos no outono, mas ele não estava pronto. Em outubro, eu decidi voltar ao trabalho para dá-lo a forma que merece. Filmes são a minha vida. E os projetos que você carrega próximos ao coração tem essa maneira implacável de se embedar tão profundamente em você que antes que você saiba, vocês são apenas um. Mas nenhum sacrifício é impossível, nenhum comprometimento é impensável no caminho para contar a história que você ama", disse.

Neste novo trabalho, com um time estelar no elenco - Natalia Portman, Jacob Trambley, Susan Sarandon, Kathy Bates e Kit Harington, que viverá o protagonista -, Dolan reconta as reflexões de um jovem ator sobre a correspondência que compartilhou com uma estrela de TV americana quando criança. O diretor acrescentou que está "feliz" com o filme, seu primeiro em língua inglesa, e "ansioso" para lançá-lo, ainda que não tenha revelado uma data de estreia.