Porto Alegre

25ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 29 de Março de 2017

  • 15/03/2017
  • 15:06
  • Atualização: 15:47

Exposição "(In)visível furta-cor" discuste padrões de gênero

Galeria de arte efêmera BLACKWALL inaugura nesta quinta mostra com trabalho de três artistas

Trabalho

Trabalho "Inocência", de David Ceccon, compõe a mostra | Foto: David Ceccon / Reprodução / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A BLACKWALL, galeria de arte efêmera da Perestroika (Lucas de Oliveira, 894), recebe a partir desta quinta-feira a exposição “(In)visível furta-cor”. A mostra apresenta trabalhos dos artistas Alexandre Copês, David Ceccon e Diane Sbardelotto, que propõem uma discussão sobre os padrões de gênero construídos culturalmente em nossa sociedade, em que somos moldados dentro de uma dicotomia do feminino contra o masculino. A visitação gratuita ocorre até 28 de julho, de segunda a sexta, das 10h às 12h e das 14h às 18h.

As produções buscam trabalhar metaforicamente com a possibilidade de transcender os trajes e moldes que se sobrepõem à liberdade de encontrarmos formas inúmeras de nos colocar no mundo. Para isso, os criadores se afastam da oposição rosa/azul em diversos formatos - como instalações, fotos, desenhos, gravuras, cerâmicas e objetos.

A curadoria é da Aura Arte, uma plataforma de arte contemporânea que busca divulgar a produção artística nacional e auxiliar na formação de coleções que falem sobre o tempo presente. Sua atividade online se dá através do site, que funciona como galeria virtual e apresenta obras de mais de 50 jovens artistas brasileiros.