Porto Alegre

20ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 20 de Abril de 2018

  • 19/03/2018
  • 10:18
  • Atualização: 10:22

Paço Municipal recebe nova mostra no porão

Exposição inaugural acontece hoje e deve ficar em cartaz até junho

Obra de Fyodor Pavlov-Andreevich é uma das atrações da nova exposição que o Paço Municipal abrirá hoje | Foto: Marcelo Elidio / Divulgação / CP

Obra de Fyodor Pavlov-Andreevich é uma das atrações da nova exposição que o Paço Municipal abrirá hoje | Foto: Marcelo Elidio / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Coordenação de Artes Plásticas da Secretaria de Cultura de Porto Alegre apresenta a estreia de “O Tempo das Coisas”, projeto curatorial que se desdobrará em duas exposições interligadas. A primeira mostra, com abertura nesta segunda-feira, às 18h30min, faz parte da programação da Semana de Porto Alegre.

Subintitulada “Módulo 1”, a exposição inaugural do projeto apresenta trabalhos dos artistas Bruno Borne, Túlio Pinto, do russo Fyodor Pavlov-Andreevich e do duo Ío (formado por Laura Cattani e Munir Klamt). Com curadoria de Francisco Dalcol, a mostra ficará em cartaz até 1º de junho.

Esta primeira exposição de “O Tempo das Coisas” tem lugar no Porão do Paço Municipal de Porto Alegre (Praça Montevidéu, 10). O espaço expositivo, sob gestão da Pinacoteca Aldo Locatelli, localiza-se no andar inferior do prédio histórico da prefeitura da cidade. Além de uma seleção de vídeos, a exposição traz a público dois trabalhos desenvolvidos especialmente para o espaço arquitetônico do Porão do Paço, onde antigamente funcionou uma cadeia.

Os autores são Bruno Borne, que participa com uma videoinstalação localizada nos chamados Arcos do Porão; e o duo ÍO, com uma instalação. Além dessas duas obras produzidas especialmente para a exposição, uma valendo-se da linguagem do vídeo e outra privilegiando o pensamento processual, “O Tempo das Coisas - Módulo 1” também se hospeda nos demais espaços do Porão, com trabalhos em vídeo de outros dois artistas.

São eles Fyodor Pavlov-Andreevich, que participa com a exibição de um programa de cinco microfilmes; e Túlio Pinto, com três vídeos e um objeto que também partem de uma pesquisa sobre performance. O “Módulo 2” será aberto posteriormente.