Porto Alegre

20ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 22 de Abril de 2018

  • 13/04/2018
  • 14:50
  • Atualização: 16:49

Fundação Iberê Camargo abre nova exposição neste fim de semana

Ação-instalação "Avesso" aborda como as relações são criadas dentro de um espaço institucional artístico

Mostra ficará em cartaz no 4º andar da Fundação Iberê Camargo até o dia 03 de junho | Foto: Nilton Santolin / Divulgação / CP

Mostra ficará em cartaz no 4º andar da Fundação Iberê Camargo até o dia 03 de junho | Foto: Nilton Santolin / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O final de semana será de novidade na Fundação Iberê Camargo (Padre Cacique, 2000), em Porto Alegre, com a abertura da ação-instalação "Avesso", dos artistas Andressa Cantergiani e Maurício Ianês. Ocupação performática e relacional com duração de um mês e meio, a exposição pretende tornar visíveis e presentes as estruturas, trabalhadoras e trabalhadores do espaço cultural na zona Sul da Capital. Ao “virar do avesso” o museu, a obra propõe um questionamento sobre como as relações são criadas dentro de um espaço institucional artístico, ampliando e revelando as possibilidades de criação e distribuição do sensível de forma coletiva e transparente.

A mostra ficará em cartaz no 4º andar da Fundação Iberê Camargo até o dia 03 de junho e contará com a presença dos artistas aos sábados e domingos. Nas quartas e quintas-feiras, quando acontecem as visitas das escolas, o trabalho estará aberto para visitação e participação do público.

A programação do local neste fim de semana ainda conta com o Seminário Império dos Sonhos – Loucura, Fantasia e Surrealismo, que ocorre no sábado, a partir das 16h, com a participação do artista visual uruguaio Pablo Uribe. Com o tema Informe de Luna, ele comenta a obra do pintor uruguaio José Cuneo, conhecido por suas paisagens noturnas, banhadas pela luz do luar. A partir de "Luna con dormilones" (1944) e do vídeo de mesmo nome, Uribe analisa a inquietude do artista, mesclando a visão e a percepção das forças naturais. A entrada é franca, com inscrições prévias pelo link.

Já no domingo, às 16h, o Cine Iberê exibe "Antes que Tudo Desapareça", do cineasta japonês Kiyoshi Kurosawa. Categorizado como cinema de gênero, também é considerado uma obra que mistura humor, drama, terror psicológico e ficção científica. A trama aborda a desumanização no mundo contemporâneo. A sessão será comentada pelos realizadores Germano de Oliveira e Giordano Gio. A entrada também é gratuita.