Porto Alegre

19ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

  • 13/11/2017
  • 17:05
  • Atualização: 18:01

Karl Lagerfeld gera polêmica com declarações sobre migrantes na Alemanha

Estilista classificou imigrantes no país como "os piores inimigos" dos judeus

Karl Lagerfeld gera polêmica com declarações sobre migrantes na Alemanha | Foto: Francois Guillot / AFP / CP

Karl Lagerfeld gera polêmica com declarações sobre migrantes na Alemanha | Foto: Francois Guillot / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O estilista Karl Lagerfeld provocou uma polêmica, ao qualificar os imigrantes na Alemanha como "os piores inimigos" dos judeus, em declarações a uma emissora de TV francesa, o que gerou protestos dos telespectadores. O Conselho Superior do Audiovisual francês, agência reguladora independente, anunciou nesta segunda-feira ter recebido centenas de reclamações, depois que o diretor artístico da Chanel criticou, no sábado, a política migratória da chanceler alemã, Angela Merkel, assegurando que "não se pode, mesmo que tenham passado várias décadas, matar milhões de judeus e depois fazer vir milhões de seus piores inimigos".

"Vou dizer algo horrível", afirmou o estilista alemão à emissora C8, antes de dizer estas palavras. Lagerfeld destacou que a França, "país dos direitos humanos", acolheu entre "10.000 e 20.000" estrangeiros durante a onda de migrantes que chegaram à Europa em 2015, procedentes em grande parte de países muçulmanos. Merkel, que "já tinha recebido milhões e milhões (de imigrantes), que estão bem integrados, trabalham (...), não tinha necessidade de se fazer cargo de um milhão mais para passar uma imagem adorável, após a imagem de madrasta que deu na história da crise grega".

O Conselho Superior do Audiovisual explicou que analisaria a sequência televisiva para determinar se abre uma investigação. Em 2011, o estilista britânico John Galliano foi demitido da Dior e caiu em desgraça após ter proferido, bêbado, insultos antissemitas em um café parisiense, pelos quais apresentou desculpas depois.