Correio do Povo | Notícias | Morre o escritor argentino Ricardo Piglia

Porto Alegre

28ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

  • 06/01/2017
  • 18:54
  • Atualização: 18:55

Morre o escritor argentino Ricardo Piglia

Autor, crítico, ensaísta e professor é referência da literatura argentina contemporânea

Piglia morreu aos 75 anos | Foto: Leo Ramirez / AFP / CP

Piglia morreu aos 75 anos | Foto: Leo Ramirez / AFP / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

As letras argentinas e da América Latina estão de luto. Um dos maiores escritores argentinos dos últimos 40 anos, Ricardo Piglia, faleceu nesta sexta-feira em Buenos Aires aos 75 anos. 

O crítico, ensaísta e professor é referência absoluta da literatura nacional Piglia escreveu livros importantes e fundamentais como "Respiração Artificial" e "Plata Quemada". Ele sofria de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) há vários anos. Na crítica, as obras "Formas Breves" e "Laboratório do Escritor" também são referência. Seus livros foram traduzidos para mais de 15 países.