Porto Alegre

20ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 22 de Outubro de 2017

  • 06/10/2017
  • 07:21
  • Atualização: 07:36

Disputa de ilustradores anima 8ª Jornadinha em Passo Fundo

Desafio só havia sido feito na Feira do Livro de Xangai, na China

Disputa de ilustradores anima 8ª Jornadinha em Passo Fundo  | Foto: Gelsoli Casagrande / UPF / CP

Disputa de ilustradores anima 8ª Jornadinha em Passo Fundo | Foto: Gelsoli Casagrande / UPF / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Um espetáculo da ilustração, com a participação de 2 mil crianças, foi uma das novidades da 8ª Jornadinha Nacional de Literatura de Passo Fundo. A ação, inédita no Brasil — o Slam de Ilustração — foi nesta quinta-feira uma grande performance de ilustradores, com o envolvimento direto do público da Jornadinha.

“Um dia, cheguei em casa cansado do trabalho, encontrei meu vilão favorito e ele me convidou para...”. Foi a partir dessa provocação, feita pelo coordenador Volnei Canônica, que os ilustradores Daniel Kondo, Ivan Zigg, Mariana Massarani e Roger Mello deram início ao Slam de Ilustração.

Este desafio de ilustradores, em formato semelhante, só havia sido feito na Feira do Livro de Xangai, na China. Nesta Jornadinha, o desafio dos ilustradores foi criar desenhos a partir do tema escolhido pelo coordenador e trabalhar com dois grupos criados para esta atividade. As regras foram feitas pelas 2 mil crianças, do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental.

Ao sinal dos gritos de guerra inventados pelas crianças, os ilustradores trocavam de lugar passando a intervir, um na ilustração do outro, numa performance/competição de ilustradores. O resultado da brincadeira foi uma grande criação coletiva, em que cada ilustrador pôde mostrar seu traço e sua criatividade, em ação coletiva. “A ideia é tirar a literatura da estante e trazer para a vida, para o cotidiano, com a imagem narrativa, a ilustração de vários ilustradores”, resumiu Roger Mello. E para o escritor e ilustrador Daniel Kondo, o Slam é oportunidade única de as crianças interagirem com artistas.