Porto Alegre

26ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 17 de Dezembro de 2017

  • 11/10/2017
  • 10:31
  • Atualização: 12:29

Valesca de Assis é a patrona da 63ª Feira do Livro de Porto Alegre

Escritora participa do evento desde a 9ª edição e já havia sido indicada como patronável em 2015

Valesca sucede Cíntia Moscovich no posto de patrona | Foto: Alina Souza

Valesca sucede Cíntia Moscovich no posto de patrona | Foto: Alina Souza

  • Comentários
  • Correio do Povo

* Com informações de Luiz Gonzaga Lopes

A 63ª Feira do Livro já tem sua patrona. Na manhã desta quarta-feira, em café da manhã com a imprensa, autoridades, convidados e patrocinadores, a escritora Valesca de Assis foi anunciada como detentora do posto em 2017. Ela concorreu ao lado de André Neves, Caio Riter, Celso Gutfreind e Luis Dill. 

Valesca participa da Feira do Livro desde a 9ª edição, já havia sido indicada como patronável do evento literário em 2015 e agora sucede Cíntia Moscovich, patrona no ano passado. Ao ser anunciada, ela se disse alegre e surpresa com a escolha e destacou que faz parte de uma resistência intelectual pela literatura e de amantes do tradicional evento literário da capital gaúcha. Ela também lembrou que é eleita patrona 20 anos depois de Luiz Antonio de Assis Brasil, seu marido.

Em entrevista à Rádio Guaíba instantes depois, Valesca ainda comentou que o título significa um compromisso e uma forma de resistência em um período no qual diversos programas de leitura estão sendo desativados. "Acho que a passagem de uma mulher para outra é uma coisa diferente e só mostra o nosso crescimento como mulheres", destacou ainda sobre a passagem do posto de Cíntia para ela, representando um protagonismo cada vez maior das escritoras. A patrona da Feira do Livro 2017 ainda adiantou que estará presente em muitas mesas -redondas, das quais já havia sido convidada para mediar ou palestrar, e agora vai analisar a programação para definir de que outras atividades participará.

Natural de Santa Cruz do Sul, no Vale do Rio Pardo, Valesca estreou como escritora em 1990, com a publicação de "A Valsa da Medusa", obra que recebeu Voto de Congratulações da Câmara de Vereadores de Porto Alegre. Sua primeira publicação infanto-juvenil, "Um dia de gato", saiu em 2010. Ao longo de sua carreira, venceu o Prêmio da Associação Paulista de Críticos de Artes e o Prêmio do Júri da União Brasileira de Escritores com "Harmonia das Esferas", em 2000; o prêmio Livro do Ano da Associação Gaúcha de Escritores, na categoria Crônica, por “Todos os Meses”, em 2003; e o Prêmio AGEs Livro do ano em 2017 pelo romance “A Ponta do Silêncio”.

As estruturas para a 63ª Feira do Livro de Porto Alegre já começaram a ser instaladas na Praça da Alfândega. O evento será realizado entre os dias 1º e 19 de novembro e terá nomes como Wole Soyinka e Sam Bourcier na programação.