Porto Alegre

26ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Novembro de 2017

  • 17/10/2017
  • 07:51
  • Atualização: 08:54

Livros trazem entrevistas com cantores e cantoras da MPB

Primeiro volume traz artistas como Nana Caymmi, Altamiro Carrilho e Beth Carvalho

MPB é destaque entremais recentes lançamentos literários  | Foto: Montagem de Luiz Octávio / CP

MPB é destaque entremais recentes lançamentos literários | Foto: Montagem de Luiz Octávio / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Tárik de Souza é o autor dos dois volumes da obra “Mpbambas Histórias e Memórias da Canção Brasileira”, lançamento duplo do selo KuaraupMúsica e Kuarup Produções Ltda. Os dois livros tem por base entrevistas com diversos cantores e cantoras da MPB com base em diversos programas do Canal Brasil. O primeiro volume traz Nana Caymmi, Altamiro Carrilho, Beth Carvalho, Chico Anysio, Elza Soares, Dóris Monteiro, Ivone Lara, Renato Teixeira, Hermeto Paschoal, Roberto Menescal, Johnny /Alf, Paulo Vanzolini, Sueli Costa e Milton Nascimento.

O segundo livro tem entrevistas com Gal Costa, Ademilde Fonseca, Zeca Pagodinho, Luiz Vieira, Cauby Peixoto, Marlene, Nei Lopes, Inezita Barroso, Dominguinhos, Carlos Lyra, Getúlio Cortes, Monarco, Billy Blanco e Wagner Tiso.

Ana Mery Sehbe De Carli e Flávia Brocchetto Ramos organizaram os textos de “Tropicália - Gêneros, Identidades, Repertórios e Linguagens” (Educs), já na segunda edição, ampliada e atualizada. Mais do que simplesmente Gil, Caetano, Gal e Maria Bethânia, o toque baiano da Tropicália é traduzido, a partir de 1967, por influências estrangeiras, editoriais de moda, shows, desfiles e movimentos culturais como o Teatro Oficina e o Cinema Novo além da inegável inspiração de Oswald de Andrade.

“Big Bands Paulistas: Histórias de Orquestras de Baile do Interior de São Paulo” (Edições Sesc), do professor José Ildefonso Martins e do jornalista José Pedro Soares Martins, traça panorama do surgimento e desenvolvimento dessas orquestras entre 1940 e 1970, época de ouro do gênero. O livro registra em textos e imagens a atividade ao longo de mais de três décadas.