Porto Alegre

19ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

  • 18/10/2017
  • 13:10
  • Atualização: 13:20

Prêmio Oceanos revela seus 10 finalistas

Vencedores serão conhecidos em 7 de dezembro

Finalista, livro de Elvira Vigna foi inscrito antes da morte da escritora | Foto: Divulgação / CP

Finalista, livro de Elvira Vigna foi inscrito antes da morte da escritora | Foto: Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O Itaú Cultural divulgou em seu site nesta quarta-feira os 10 finalistas do Oceanos - Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa. Das 51 obras semifinalistas, dois livros de poesia, dois de contos e seis romances passaram para a etapa final, na qual concorrem seis brasileiros e quatro portugueses, destacando mais uma vez a importância do prêmio na integração da literatura entre os países de língua portuguesa.

A seleção foi realizada nesta terça-feira, por um júri formado por dois portugueses (a poeta Ana Mafalda Leite e o crítico literário António Guerreiro) e oito brasileiros (as ensaístas Beatriz Resende, Eliane Robert Moraes e Mirna Queiroz, a escritora Maria Esther Maciel, a tradutora e editora Heloisa Jahn e os poetas Eucanaã Ferraz, Ricardo Aleixo e Sérgio Alcides). Os ganhadores serão conhecidos em cerimônia no dia 7 de dezembro. O vencedor receberá R$ 100 mil; o segundo colocado, R$ 60 mil; o terceiro, R$ 40 mil e o quarto, R$ 30 mil, sendo que livros de diferentes gêneros literários concorrem ao prêmio entre si.

Dentre os autores finalistas, três portugueses nunca foram publicados no Brasil em livro próprio, e três brasileiros nunca foram publicados em Portugal. Além disso, todos os livros tiveram edição apenas em seus países de origem. Conforme a organização, esses dados ressaltam a contribuição do Oceanos para promover o conhecimento recíproco entre as cenas literárias lusófonas e como o prêmio pode desempenhar um papel de radar da produção contemporânea.

Neste ano, a premiação passou a contemplar obras publicadas em todos os países lusófonos, atingindo a cifra histórica de 1.215 livros inscritos em sua primeira fase – todos eles com primeira edição em 2016. As obras foram avaliadas por 50 jurados brasileiros e 15 portugueses, que também elegeram entre seus membros os dez integrantes dos Júris Intermediário e Final. Das 51 obras classificadas para a etapa intermediária do prêmio, 31 eram de autores brasileiros, 19 de escritores portugueses e uma de autor angolano.

Confira os finalistas:

Ana Margarida de Carvalho - "Não se Pode Morar nos Olhos de um Gato" (romance)

Ana Pereira - "Karen" (romance)

Bernardo Carvalho - "Simpatia Pelo Demônio" (romance)

Elvira Vigna - "Como se Estivéssemos em Palimpsesto de Putas" (romance)

Helder Pereira - "Golpe de Teatro" (poesia)

Maria Horta - "Anunciações" (poesia)

Sérgio Sant'Anna - "O conto zero e outras histórias" (contos)

Silviano Santiago - "Machado" (romance)

Verônica Stigger - "Sul" (contos / teatro / poesia)

Victor Heringer - "O Amor dos Homens Avulsos" (romance)