Porto Alegre

19ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

  • 19/10/2017
  • 08:10
  • Atualização: 09:57

Bibliotheca Pública de Pelotas ganhará livro histórico

Obra de 228 páginas foi escrita por jornalista

Obra de 228 páginas foi escrita por jornalista | Foto: Divulgação / Facebook / CP

Obra de 228 páginas foi escrita por jornalista | Foto: Divulgação / Facebook / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Cento e quarenta e dois anos depois de sua inauguração, a Bibliotheca Pública Pelotense ganha um livro assinado pelo jornalista Klécio Santos. O lançamento será nesta quinta, às 19h, no Museu de Arte do Rio Grande do Sul (Praça da Alfândega, s/n), em Porto Alegre. Com 228 páginas, a obra reúne os principais acontecimentos que marcaram a história da Bibliotheca, desde a primeira reunião organizada em um prédio improvisado cedido por João Simões Lopes, o Visconde da Graça, avô do escritor João Simões Lopes Neto, até os dias atuais com a restauração e o retorno à tradição de ser um espaço multicultural de Pelotas.

Resultante de dois anos de pesquisa, a publicação contém capítulos que abordam iniciativas como a criação dos cursos noturnos para o proletariado, a primeira sessão de cinema da cidade, a criação dos Clubes Abolicionista e Beethoven, além do curioso furto do livro “Brazil Pitoresco”, de Charles Ribeyrolles, recuperado, e hoje dos mais raros do acervo de 200 mil obras.