Porto Alegre

26ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 19 de Abril de 2018

  • 26/03/2018
  • 21:01
  • Atualização: 22:05

Nova edição de Gaúchos em Cena homenageia Tânia Farias

Obra tem lançamento nesta quarta no Centro Cultural de Porto Alegre

O Teatro É Um Sacerdócio homenageia Tânia Farias na oitava edição de Gaúchos em Cena | Foto: Divulgação / CP

O Teatro É Um Sacerdócio homenageia Tânia Farias na oitava edição de Gaúchos em Cena | Foto: Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O projeto Gaúchos em Cena homenageia a atriz e pesquisadora Tânia Farias em livro assinado pelo jornalista e crítico teatral Fábio Prikland. A grande personalidade das artes cênicas no Rio Grande do Sul e atuadora da tribo "Ói Nóis Aqui Traveiz" teve sua vida contada na obra intitulada "O Teatro É Um Sacerdócio" que terá lançamento nesta quarta-feira às 19h no Centro Municipal de Cultura em Porto Alegre (avenida Erico Verissímo, 307).

O evento tem entrada gratuita e contará com um bate-papo entre o autor e a homenageada, além de uma sessão de autógrafos. Na mesma noite, Tânia mostrará um ensaio musical que integra parte da sua pesquisa para criação do trabalho "Violeta Parra - uma autadora!", em parceria com o músico Mário Falcão.

De acordo com o autor, o livro oportuniza ao público conhecer novas dimensões do fazer artístico e do pensamento de Tânia, que é um dos maiores talentos do teatro brasileiro. "Ela revela os bastidores da criação de seu trabalho e do Ói Nóis Aqui Traveiz, assim como expressa suas visões sobre arte, vida, política, feminismo e espiritualidade. Assim como eu, acredito que os leitores descobrirão informações e opiniões que os farão admirar ainda mais o trabalho dela”, afirmou Prikladnicki.

Segundo Tânia, o reconhecimento pelo seu trabalho com o grupo teatral é um presente da vida. "Me sinto privilegiada por ter construído minha trajetória junto com esse grupo e, neste momento em especial, por estar sendo homenageada nesse livro, contando minha história como atuadora, como mulher de teatro. Eu desejo que o livro possa inspirar outras mulheres e homens a perseverar no caminho do teatro, porque acredito que o teatro é fundamental, é o inútil imprescindível”, revelou Tânia.