Porto Alegre

23ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

  • 07/12/2017
  • 14:28
  • Atualização: 14:33

Milton Nascimento e Tiago Iorc apresentam "Mais Bonito Não Há" em Porto Alegre

Juntos no palco, artistas cantam sucessos que marcam suas trajetórias

Artistas lançaram canção em parceria no mês de outubro | Foto: Rafael Trindade / Divulgação / CP

Artistas lançaram canção em parceria no mês de outubro | Foto: Rafael Trindade / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Júlia Endress

"Bituca, escreve aí uma frase sobre a coisa mais bonita que te vier à cabeça". Conforme Milton Nascimento, esse foi o pedido de Tiago Iorc que originou a primeira frase de "Mais Bonito do Há", música que celebra a parceria dos dois artistas. "Nada mais belo que olhar de criança no sol da manhã" inicia a canção, que foi criada naturalmente, "sem imposição de nada", como explica o artista. "Quando a gente viu, a música já estava toda pronta", revela.

A aproximação entre Milton e Tiago, no entanto, aconteceu alguns meses antes. Milton revela que descobriu o trabalho de Tiago pela TV e imediatamente ficou com vontade de conhecê-lo. "Então pedi ao meu filho, Augusto, que comprasse um disco dele pra mim. Mas, ao invés disso, ele trouxe o próprio Tiago aqui na minha casa em Juiz de Fora", conta.

"Mais Bonito Não Há" surgiu, então, como um marco do encontro musical e da amizade entre os dois e logo ganhou um clipe, com direção do próprio Tiago Iorc, que exalta e mantém toda a sensibilidade da canção. Questionado sobre a perfeita sintonia entre o tom dos dois trabalhos, Milton destacou que se deve ao olhar de Tiago e também de Rafael Trindade, que dividiu a direção do projeto. "Eles tiveram uma ideia que me deixou muito feliz, e eu gostei do resultado. Os meninos foram demais!", ressalta.

Diante dos bons resultados, Milton e Tiago agora estão na estrada com uma miniturnê que chega a Porto Alegre nesta sexta. O formato é intimista: "um show de vozes e violão", como descreve Milton. "Na hora de definir o formato, a gente pensou nas coisas mais simples possíveis. Então, seguimos somente nós dois juntos cantando nossas músicas", explica.

Juntos no palco do início ao fim, os dois apresentam, além de "Mais Bonito Não Há", sucessos que marcam suas trajetórias e, assim, atingem as diferentes gerações que os seguem. De Milton e seus mais de 50 anos de carreira, entram clássicos da música brasileira como "Bola de Meia, Bola de Gude", "Travessia" e "Maria, Maria". Já de Tiago, um dos artistas mais influentes da atualidade, hits como "Amei Te Ver", "Alexandria" e "Coisa Linda" aparecem no show.

O repertório completo poderá ser conhecido nesta sexta aqui na Capital. Os dois artistas sobem ao palco do Auditório Araújo Vianna (Osvaldo Aranha, 685) a partir das 21h. Restam ingressos disponíveis entre R$ 120 e R$ 200 (inteira).

Esta será a volta de Milton a Porto Alegre depois de apresentar o show "Semente da Terra" por aqui em julho deste ano. "Porto Alegre tem um relação direção com a minha trajetória", diz ele, recordando experiências na cidade das décadas de 1960 e especialmente 1970, quando passou por uma praça e ouviu pela primeira vez o "Native Dance", disco que tinha acabado de gravar nos Estados Unidos. "Além disso, foi em Porto Alegre que eu fiz alguns dos shows que mais marcaram minha carreira. Me lembro também de um show que fiz no Gigantinho, lotado, ao lado de Paulo Moura nos anos 1980", conta.

Agora ao lado de Tiago Iorc, ele tem tudo para fazer mais um show inesquecível. "Pra mim, tem sido uma coisa maravilhosa terminar o ano ao lado do Tiago. Esses shows que a gente fez por algumas capitais me deixaram muito felizes. E a gente tá só começando, tem muita coisa vindo por aí", avisa.


TAGS » Música, Show, Variedades