Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 25 de Junho de 2017

  • 09/03/2017
  • 13:37
  • Atualização: 01:40

Com Beto Lee, Titãs apresenta nova formação em Porto Alegre

Banda se apresenta no Bar Opinião nesta sexta

Titãs se apresenta pela primeira vez com Beto Lee em Porto Alegre nesta sexta | Foto: Divulgação / Silmara Ciuffa / CP

Titãs se apresenta pela primeira vez com Beto Lee em Porto Alegre nesta sexta | Foto: Divulgação / Silmara Ciuffa / CP

  • Comentários
  • Lou Cardoso

O sonho de todo fã é um dia poder tocar com a sua banda favorita e são poucos que podem confirmar tal realização. Mas assim como já aconteceu na ficção no filme "Rock Star", em que o personagem Chris Izzy Cole (Mark Wahlberg) sobe no palco para substituir o vocalista que abandona o show, na vida real, mas com menos carga dramática, o guitarrista Beto Lee pode dizer que faz parte da banda que cresceu ouvindo: os Titãs. Ele se tornou integrante oficial do grupo em julho de 2016, logo após a saída de Paulo Miklos.

Com a nova formação e o reconhecimento como um dos mais importantes grupos da história da música brasileira, ainda em atividade depois de mais de 30 anos, o Titãs apresenta nesta sexta-feira a turnê do álbum “Nheengatu” em Porto Alegre. O show ocorre partir das 21h no bar Opinião (José do Patrocínio, 834), com ingressos nos valores entre R$ 70 para estudantes e idosos, e R$ 140.

Em conversa por telefone, o novato titã Beto Lee relembrou que não pensou duas vezes quando recebeu o convite para integrar o grupo. “Eu sempre fui fã dos Titãs. É uma banda que sempre despertou minha curiosidade, sempre ouvi e sempre curti”, disse. “Quando Sérgio Britto me fez o convite, foi uma surpresa, já por eles terem pensado em mim, já me senti extremamente valorizado. E na hora eu nem titubeei, eu aceitei na hora”, relembrou.

O rock é uma herança familiar na vida de Beto. Filho dos roqueiros Rita Lee e Roberto Carvalho, ele recorda que a convivência com os Titãs vem desde da sua infância. “Já tinha ido a show quando era criança, já toquei muito Titãs em boteco quando era adolescente, meus pais são grandes amigos deles, então os conheço muito bem”, revelou Beto, acrescentando que tirou de letra as suas primeiras apresentações com os Titãs. “Fui muito bem acolhido por todos eles. Eu me sinto em casa, a maioria das músicas eu já sabia de tanto tocá-las em festas e foi muito fácil, muito tranquilo me inserir no ambiente deles”.

Beto Lee também falou sobre o 15º disco de estúdio do Titãs e o seu primeiro como integrante, no qual o grupo planeja uma Ópera Rock, algo inédito no rock brasileiro com previsão de lançamento para o segundo semestre de 2017. "Acho que só uma banda como Titãs tem colhões pra fazer um disco assim. Nunca gravei uma ópera rock então para mim é uma novidade também. Vai sair com uma cara muito titãnica", afirmou.

Para o show na Capital, Beto guarda boas lembranças da cidade e tem altas expectativas para o público gaúcho, pois considera uma das cidades mais roqueiras do País. "Já toquei em Porto Alegre muitas vezes. Não só com a minha mãe, mas com trabalho solo. E agora é minha primeira vez com Titãs, então vai ser ótimo. Eu adoro Porto Alegre. Acho que é a cidade mais rock'n'roll do Brasil", concluiu.

Depois do show em Porto Alegre, os Titãs seguem a turnê no Estado em Torres, no dia 11 de março, às 21h, no Circuito Verão Sesc Esportes 2017.