Porto Alegre

14ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 24 de Julho de 2017

  • 19/04/2017
  • 14:53
  • Atualização: 15:48

Bibi Ferreira faz show com músicas de Piaf, Gardel, Sinatra e Amália em Porto Alegre

Cantora e atriz de 94 anos se apresenta no Teatro do Bourbon Country nesta quinta

Repertório traz sucessos de Edith Piaf, Amália Rodrigues, Carlos Gardel e Frank Sinatra | Foto: Willian Aguiar / Divulgação / CP

Repertório traz sucessos de Edith Piaf, Amália Rodrigues, Carlos Gardel e Frank Sinatra | Foto: Willian Aguiar / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Luiz Gonzaga Lopes

Em 28 de fevereiro de 1941, o ator Procópio Ferreira apresentava ao público carioca a sua filha, Bibi Ferreira, como a personagem Mirandolina, da peça "La Locandiera", do italiano Carlo Goldoni. Em 76 anos de carreira, Bibi interpretou todos os grandes papéis possíveis no teatro e cantou músicas dos principais nomes da música internacional. Aos 94 anos de idade, ela traz a Porto Alegre o show estreado em 2016, "4XBIBI", que comemora os 75 anos de carreira, com canções dos seus últimos quatro espetáculos, no qual interpreta sucessos de Edith Piaf, Amália Rodrigues, Carlos Gardel e Frank Sinatra. Com realização da Opus Promoções, Art Rec, Montenegro e Raman, a apresentação na Capital acontece nesta quinta-feira, às 21h, no Teatro do Bourbon Country (Tulio de Rose, 80). 

No palco, Bibi se apresenta acompanhada por banda e sob a regência do maestro Flávio Mendes, responsável também pelos arranjos e direção musical. A narração e a idealização do espetáculo ficam a cargo de Nilson Raman, que assina o roteiro ao lado de Flávio e Bibi. No repertório, canções de Amália Rodrigues, Carlos Gardel, Frank Sinatra e Edith Piaf, como "Fadinho Serrano" e "Povo Que Lavas No Rio" (Amália); "Esta Noche Me Emborracho" e "Questa Abarro" (Gardel); "That’s Life", "New York, New York", "All The Way" e "The Lady Is a Trump" (Sinatra); e "L'accordeniste", "Je Ne Regrette Rien" e "Hymne a L'amour" (Piaf). "São quatro grandes estrelas da musica mundial, com repertórios excepcionais, cada um dentro do seu genero. São os últimos quatro shows que eu fiz. Em todos, existe um por que de ter feito. Uma história para dividir com o público", afirma Bibi.

Entre uma música e outra, Bibi revela curiosidades sobre os bastidores dessas produções, matando a saudade do público e dela própria ao interpretar canções marcantes em sua carreira. Uma das histórias é sobre a maior fadista de todos os tempos, Amália Rodrigues, que declarou que se alguém fosse interpretar sua vida seria a artista brasileira. Amália assistiu Bibi cantando Piaf nada menos que 14 vezes em Lisboa. "Cada show foi feito num momento diferente da minha vida. Piaf na época foi montada em todo o mundo. Fazia 20 anos da morte dela. Recebi o convite para fazer, mas de cara não aceitei. E demorei para aceitar. O porquê eu conto no show. A Amália me viu em Lisboa fazendo Piaf. Um dia falou que se alguém fosse fazer a vida dela queria que fosse eu. Fiquei muito lisonjeada", lembra.

A carreira de Bibi Ferreira é marcada pela consolidação. Em 1944, ela montou sua própria companhia teatral, reunindo alguns dos nomes mais importantes do teatro brasileiro, como Cacilda Becker, Maria Della Costa e Henriette Morineau. Depois, foi para Portugal, onde dirigiu peças por quatro anos. Nos musicais, foi destaque em montagens como "Minha Querida Dama" (My Fair Lady), estrelado por ela e Paulo Autran. Nesta década de 1960, ela atuou em musicais de teatro e televisão.

Quando perguntada sobre a sua longevidade na carreira e como vive atualmente, Bibi responde: "São 76 anos de carreira. Tenho vontade de viver. De cantar. De fazer as coisas. O corpo às vezes não acompanha a cabeça, mas vou em frente. Adoro me arrumar, me maquiar. Usar meus saltos. Meus vestidos... Para Porto Alegre, ainda não sei se vou usar vermelho ou branco. Acordo sempre de bom humor, pronta para a vida". A única coisa que a incomoda são os amigos que já se foram. E não foram poucos. "Estão fazendo falta pessoas como Dorival Caymmi, Tom Jobim, Vinicius de Moraes, Paulo Pontes, Flavio Rangel, Gianni Rato, Madame Moureneau (Henriette), Dulcina de Morais, entre tantos outros. E papai então, o ator Procópio Ferreira", finaliza.

Repertório do "4XBIBI"

Amália Rodrigues:

"Fadinho Serrano"

"Povo Que Lavas No Rio"

Carlos Gardel:

"Esta Noche Me Emborracho"

"Questa Abarro"

Frank Sinatra:

"That’s Life"

Baladas Românticas:

"All The Way"

"The Lady Is a Trump"

Edith Piaf:

"Millord"

"L'accordeniste"

"A Quoi Ça Sert L’amour"

"Je Ne Regrette Rien"

"Hymne a L'amour"

Bis:

"New York, New York" (Frank Sinatra)


TAGS » Música, Show, Variedades