Porto Alegre

13ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 23 de Junho de 2017

  • 20/04/2017
  • 13:49
  • Atualização: 14:22

Lançamento de novo EP de Prince é barrado pela Justiça dos EUA

Herdeiros do artista entraram com ação na quarta contra liberação de materiais póstumos

"Deliverance" seria lançado na sexta, um ano após a morte do cantor | Foto: Bertrand Guay / Getty Images North America / AFP / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Um juiz do Tribunal de Distrito dos Estados Unidos em Minnesota concedeu uma ordem de restrição temporária aos herdeiros de Prince contra a liberação de um EP de seis músicas inéditas nesta sexta-feira, data que marca um ano da morte do lançamente do artista. Com a decisão da Corte, "Deliverance", com faixas gravadas entre 2006 e 2008, foi retirado dos serviços de streamings, assim como a faixa-título, que já estava disponível. Na quarta, os administradores do espólio do músico entraram com uma ação criminal alengando violação contratual, roubo e apropriação indevida das músicas por parte do engenheiro de som Ian Boxill. 

Em sua decisão, o juiz concordou com os documentos entregues pelos herdeiros, anunciando em sua decisão que Boxill "não deve publicar ou difundir quaisquer gravações inéditas que compõem a obra de Prince Rogers Nelson que estão alegadamente dentro do âmbito do Acordo de Confidencialidade entre Boxill e Paisley Park Enterprise". A decisão também aponta que que a gravadora RMA deve entregar imediatamente todas as gravações para a família.

Em nota divulgada à revista Rolling Stone, David Staley, cofundador da gravadora, disse que está confiante que a faixa "Deliverance" será disponibilizada online novamente e em breve, uma vez que foi comercialmente lançado antes da ordem de restrição temporária. "Fiquei satisfeito com a decisão da noite passada, que em indica que tudo o que havia sido divulgado até aquele momento pode ser e deve ser apreciado pelos fãs", disse.