Porto Alegre

23ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

  • 21/11/2017
  • 17:05
  • Atualização: 18:01

Justiça dos Estados Unidos acusa iraniano de hackear HBO e "Game of Thrones"

Behzad Mesri, cujo apelido é "Skote Vahshat", teria roubado conteúdo de servidores da emissora

Hacker ameaçou publicar 1,5 terabyte de conteúdo da HBO na internet  | Foto: Divulgação / CP

Hacker ameaçou publicar 1,5 terabyte de conteúdo da HBO na internet | Foto: Divulgação / CP

  • Comentários
  • AFP

Um hacker iraniano esteve por trás do ataque ao canal americano HBO, no qual roubou o roteiro de um episódio inédito da série "Game of Thrones", informou a Justiça americana nesta terça-feira. De acordo com o escritório do procurador federal de Manhattan, Joon Kim, que publicou o documento no qual a acusação se baseia, o hacker se chama Behzad Mesri, vive no Irã e no passado hackeou alvos em nome do exército iraniano.

Um porta-voz do procurador disse que o suspeito não estava em poder de autoridades americanas. Segundo o documento publicado nesta terça-feira, o hacker, cujo apelido é "Skote Vahshat", roubou conteúdo de servidores da HBO entre maio e agosto de 2017, incluindo o roteiro de um episódio inédito da série de sucesso "Game of Thrones". Também roubou episódios que ainda não tinham ido ao ar das séries "Curb Your Enthusiasm", "The Deuce", "Ballers", "Barry" e "Room 104", conforme a investigação.

O hacker ameaçou publicar 1,5 terabyte de conteúdo da HBO na internet e exigiu um "resgate" de seis milhões de dólares em bitcoins. O canal não fez o pagamento antes do prazo estabelecido pelo hacker, de 29 de julho, de modo que este começou, no dia seguinte, a vazar os conteúdos online. 

A identidade do hacker tinha permanecido desconhecida até agora. O procurador estabeleceu sete acusações contra ele, incluindo roubo, fraude informática e tentativa de extorsão.