Porto Alegre

20ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 19 de Setembro de 2017

  • 17/02/2017
  • 14:18
  • Atualização: 14:39

Com Reese Witherspoon e Nicole Kidman, "Big Little Lies" estreia domingo na HBO

As duas atrizes protagonizam minissérie ao lado de Shailene Woodley, Laura Dern e Zoë Kravitz

Minissérie é baseada no romance

Minissérie é baseada no romance "Pequenas Grandes Mentiras", de Liane Moriarty | Foto: HBO / Divulgação / CP

  • Comentários
  • AE

Reese Witherspoon e Nicole Kidman estão acostumadas a ser o que chamam de as Smurfettes no set de filmagem, ou seja, as únicas mulheres em um elenco formado por homens. Mas não em "Big Little Lies", a minissérie que as duas protagonizam, ao lado de outras três atrizes - Shailene Woodley, Laura Dern e Zoë Kravitz -, e que estreia na HBO neste domingo, às 23h.

"Por 25 anos, tenho sido a única mulher no set", disse Witherspoon em entrevista em Pasadena. "Então foi muito bom poder passar esse tempo com tantas mulheres." A produtora Bruna Papandrea, que era sócia da atriz na produtora Pacific Standard, complementou: "Nosso lema era colocar mulheres como protagonistas das histórias. E nós descrevemos este projeto como uma espécie de Nirvana, quando você encontra algo com mais de uma mulher complexa no centro".

"Big Little Lies" é baseada no romance "Pequenas Grandes Mentiras", de Liane Moriarty, que Witherspoon, Papandrea e Kidman, todas leitoras vorazes, consumiram de um dia para o outro. Amigas de longa data, as duas atrizes queriam muito trabalhar juntas. "Estamos num estágio de nossas vidas em que queremos estar perto de pessoas de quem gostamos", explicou Kidman.

O projeto andou rápido: logo, David E. Kelley, conhecido por séries clássicas como Ally McBeal e Chicago Hope, estava escalado para escrever o roteiro, com Jean-Marc Vallée na direção. "Ele não gosta muito de ensaios", explicou Witherspoon, que trabalhou com o cineasta pela segunda vez, depois de "Livre", de 2014. "Jean-Marc nos encoraja a sair para jantar, beber vinho, falar das nossas vidas e nos tornar amigas de verdade. Assim, quando chegamos para filmar, temos um entendimento uma da outra, o que é muito mais profundo que apenas o personagem. Nós conseguimos nos ver como seres humanos e o que estivermos enfrentando. Estamos nesta jornada como mulheres", contou ainda Reese Witherspoon.

A abordagem foi bem útil, porque Witherspoon e Kidman interpretam Madeline e Celeste, respectivamente, duas amigas de boa situação financeira em Monterey, Califórnia, cujos filhos frequentam a mesma escola. A minissérie começa com a acusação da filha da poderosa Renata (Laura Dern) de sofrer agressão do filho da jovem mãe solteira Jane (Shailene Woodley).

Bonnie (Zoë Kravitz) é a nova mulher do ex de Madeline, hoje casada com Ed (Adam Scott). Celeste, por sua vez, vive um casamento conturbado com o bem-sucedido Perry (Alexander Skarsgård). O primeiro episódio também deixa claro que houve um assassinato, mas não revela de cara quem morreu, por que e quem matou. A amizade e os conflitos entre as mulheres é que guiam a trama.

"Eu sou apaixonada por fazer projetos liderados por mulheres porque as coisas precisam mudar", disse Witherspoon. "Temos de começar a ver no cinema e na televisão as mulheres como elas realmente são. Precisamos ver as experiências de mulheres reais, seja envolvendo violência doméstica, abuso sexual, maternidade, romance, infidelidade ou divórcio. Queremos assistir a essas coisas porque nós, seres humanos, precisamos disso, nós aprendemos com a arte. E como se faz quando não se está refletida na tela?".

Assista ao trailer: