Porto Alegre

19ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

  • 13/10/2017
  • 14:05
  • Atualização: 15:29

Heloísa Périssé traz “Alice no País da Internet” a Porto Alegre neste fim de semana

Ao lado da filha Antonia, artista encena espetáculo no Teatro do Bourbon Country

 | Foto: Aui Cultural / Divulgação / CP

| Foto: Aui Cultural / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O musical “Alice no País da Internet”, uma livre adaptação do conto de Lewis Carroll, chega a Porto Alegre neste no sábado e domingo para apresentações no Teatro do Bourbon Country (Tulio de Rose, 80), às 15h. O espetáculo assinado por Chiquinho Nery traz Heloísa Périssé como a protagonista da trama, que não cai na toca de um coelho, mas dentro de um computador, onde ela começa uma viagem pelo mundo da informática. Os ingressos custam entre R$ 50 e R$ 100 e podem ser adquiridos pelo site ou na bilheteria local.

A apresentação tem a participação da filha mais nova de Heloísa, Antonia, e também contava com a presença da filha mais velha da atriz, Luísa, que teve que se ausentar das sessões na Capital por causa de compromissos escolares. A atriz será substituída em cena por Flávia Rodrigues, que interpretará a Rainha de Copas. Na montagem, o palco se transforma em um imenso monitor que abrigará personagens do conto original, como o Chapeleiro Maluco, interpretado pelo ator Sérgio Duarte.

Há também novos integrantes na história, como o Vírus Virulino, interpretado por Cláudio Handrey, que promete destruir todos os programas do computador; e Bob Mouse, o mouse do computador, que dá início à essa aventura ao empurrar a pequena Alice para dentro do seu monitor, em encenação de Luciano Borges. Alice também conhecerá o Caipira “Espótifi”, interpretado pelo ator Rogério Freitas, que a levará para passear na partitura de "O Trenzinho Caipira", composição de Heitor Villa-Lobos.

O cenário, assinado por Alexandre Murucci, traz novidades, uma vez que durante o musical Alice sobrevoa as Sete Maravilhas do Mundo Moderno – entre elas o Cristo Redentor – a bordo do 14-Bis, “pilotado” por Billy Cat, o provedor, interpretado pelo ator Danilo Ferreira. A montagem ainda traz em sua trilha sonora composições de outros grandes nomes da música universal, como Vivaldi, Beethoven, Mursogsky, Chopin, Debussy, Offenbach e Tchaikovsky. Cantadas por Liza Matta, Bruno Boer, Sara Chaves, Pablo Marcel e Carolina Pina, as canções têm arranjos e direção musical de Nico Rezende.