Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Novembro de 2017

  • 10/11/2017
  • 14:26
  • Atualização: 14:29

"Cássia Eller, o Musical" volta a Porto Alegre neste domingo

Espetáculo tem apresentação única no Auditório Araújo Vianna

Montagem reúne 39 canções | Foto: Mila Maluhy / Divulgação / CP

Montagem reúne 39 canções | Foto: Mila Maluhy / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Destacando a carreira de uma das vozes mais marcantes da música brasileira, o espetáculo "Cássia Eller, O Musical" será apresentado no Auditório Araújo Vianna (Osvaldo Aranha, 685) neste domingo, às 18h. Ainda restam ingressos disponíveis, com valores entre R$ 50 e R$ 100.

Com direção musical de Lan Lanh, que tocou anos com Cássia e tem total propriedade na obra da cantora, a montagem reúne 39 canções. O roteiro passeia desde uma criação autoral quase obscura, como "Flor do Sol", até algumas músicas que ficaram imortalizadas na voz da artista, como "Malandragem" (Cazuza/Frejat), "Socorro" (Arnaldo Antunes/Alice Ruiz) e "Por Enquanto" (Renato Russo), além de várias composições do amigo Nando Reis, como "All Star", "O Segundo Sol" e "Relicário".

Quem interpreta Cássia é Tacy de Campos, atriz e cantora de Curitiba, que foi escolhida entre mais de mil candidatas. O elenco ainda conta com Eline Porto, Emerson Espíndola, Juliane Bodini, Jana Figarella, Jandir Ferrari e Thainá Gallo. O texto é de Patrícia Andrade, que fez um amplo mergulho na obra da cantora e entrevistou familiares e amigos para construir um mosaico fiel sobre a história da cantora. Desta forma, a montagem mostra Cássia ainda antes do início da carreira e acompanha toda a sua trajetória musical: dos primeiros passos como cantora em Brasília até sua explosão nacional - sem deixar de lado seus amores, em especial Maria Eugênia, sua companheira com quem criou o filho Chicão.

A banda que toca no musical é formada por Felipe Caneca (pianista), Pedro Coelho (baixista), Diogo Viola (guitarrista), Mauricio Braga (baterista) e Fernando Caneca (violonista). O espetáculo tem direção de João Fonseca e Viniciús Arneiro, idealização de Gustavo Nunes e produção da Turbilhão de Ideias Entretenimento. A ficha técnica completa-se com os figurinos de Marília Carneiro e LydiaQuintaes, iluminação de Maneco Quinderé, cenários de Nello Marrese e Natália Lana e direção de movimento de Márcia Rubin.