Correio do Povo | Notícias | Roger lamenta chances perdidas, mas vê “disputa aberta”

Porto Alegre, domingo, 22 de Setembro de 2019

  • 14/07/2015
  • 23:47
  • Atualização: 23:59

Roger lamenta chances perdidas, mas vê “disputa aberta”

Técnico do Grêmio evitou culpar arbitragem pela derrota para o Criciúma, na Arena

Roger Machado acredita que o Grêmio pode reverter a situação no estádio Heriberto Hülse | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

Roger Machado acredita que o Grêmio pode reverter a situação no estádio Heriberto Hülse | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

O técnico Roger Machado creditou a derrota do Grêmio para o Criciúma, por 1 a 0, na noite desta terça-feira, basicamente, às chances desperdiçadas durante a partida. O Tricolor criou muitas oportunidades, mas não conseguiu transformar em gol e precisará marcar dois na partida de volta na próxima terça-feira para classificar para as oitavas da Copa do Brasil. Apesar da dificuldade, ele ressaltou: “A disputa está aberta”.

Maicon diz que auxiliar reconheceu erro em gol anulado do Grêmio

“Não acho que a equipe começou a sentir a sequência. O Criciúma também está jogando o campeonato nacional (série B) e, talvez, tenha conseguido 24 horas a mais de descanso do que nós. Nem o equívoco da arbitragem e nem o desgaste foram responsáveis pelo nosso insucesso”, afirmou. “O que decretou o nosso insucesso foi ter criado uma grande quantidade de chances para gol, não ter tido o refinamento na jogada final e conseguido o gol”, acrescentou o treinador, que admitiu o “mal jogo” do Grêmio.

“Tivemos uma derrota em um campeonato que tomar um gol em casa é sempre ruim, mas a disputa segue aberta. Foi um jogo difícil, onde conseguimos ter a bola, conseguiu as infiltrações, o gol anulado pela arbitragem e o Criciúma teve os contra-ataques e o gol em um erro de saída de bola nossa e que retomou. Controlamos o jogo, atacamos, mas faltou o refinamento no último lance para conseguir o gol”, afirmou Roger.

Ao ser questionado se o Criciúma foi um adversário que estudou o quarto colocado da Série A e conseguiu anular as suas principais jogadas, o treinador descartou a possibilidade. Roger Machado entendeu que a equipe conseguiu criar bastante, mas perdeu as oportunidades para igualar o placar.

“Diante da situação como veio o Criciúma e a gente não conseguir, é uma coisa. Agora, a gente conseguiu criar bastante. Conseguimos criar, triangular e chegar dentro da área. Após as trocas, o Criciúma, por vezes, fez uma linha de seis jogadores, congestionando para a gente não chegar a linha de fundo. Mesmo assim conseguimos espaços para as infiltrações. Claro que os adversários nos estudam mais, mas não posso perder de vista o que a gente fez. Nossa cabeça estava voltada para a Copa do Brasil, levamos a campo o que tínhamos de melhor, mas fomos derrotados dentro de casa”, declarou o técnico.

O Grêmio folga na quarta-feira e se reapresenta na quinta, às 9h, no CT Luiz Carvalho. O próximo compromisso é contra o Flamengo, no Maracanã. A partida está marcada para sábado, às 18h30min. O jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil ocorrerá na próxima terça-feira, às 21h, no estádio Heriberto Hülse.