Correio do Povo | Notícias | Bolt diz que sua última temporada será "sem muito stress"

Porto Alegre

24ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 20 de Janeiro de 2017

  • 28/12/2016
  • 22:17
  • Atualização: 22:22

Bolt diz que sua última temporada será "sem muito stress"

Com foco nos 100m, jamaicano dará adeus às pistas no Mundial de Atletismo em Londres

Bolt se aposentará das pistas em agosto | Foto: Pedro Ugarte / AFP / CP

Bolt se aposentará das pistas em agosto | Foto: Pedro Ugarte / AFP / CP

  • Comentários
  • AE

Aos 30 anos, Usain Bolt está em sua última pré-temporada. No ano que vem, o astro, dono de nove medalhas olímpicas, vai se aposentar das pistas. A despedida, conforme já foi anunciado e reiterado diversas vezes, será no Mundial de Atletismo de Londres, em agosto.

Até lá, o foco será na preparação para a prova de 100m, sempre visando aproveitar ao máximo seus últimos momentos como velocista. "Essa é minha última temporada e eu tenho apenas que ir lá e aproveitar. Fizemos a maior parte do trabalho ao longo dos últimos dois anos e agora é minha última temporada. O foco é nos 100m e eu quero tentar aproveitar a temporada, sem muito stress", disse o astro ao jornal jamaicano The Gleaner.

De acordo com Bolt, em sua última temporada ele tentará participar do maior número possível de eventos, de forma a interagir bastante com os torcedores antes da aposentadoria. "É tudo pelos meus fãs. Eu acho que eles sempre me mostraram muito amor e eu apenas tenho que ir lá por eles e fazer o meu melhor." Como de costume, Bolt vai revelando detalhes de sua programação aos poucos. Em outubro, contou qual será sua última prova na Jamaica: o Racers Grand Prix, um competição anual no Estádio Nacional de Kingston, capital jamaicana, disputada sempre em junho, em um dia só.

O recordista mundial dos 100m e dos 200m não precisa participar do Campeonato Jamaicano do ano que vem porque já está automaticamente classificado para o Mundial do ano que vem, na capital inglesa, onde vai defender seus títulos. A competição no Estádio Olímpico de Londres vai de 5 a 13 de agosto.

Ele deve abrir a temporada na edição inaugural do Nitro Summer Series, competição que acontece em fevereiro, na Austrália. Ele nunca disputou provas no país e deve receber cerca US$ 1 milhão para isso.