Porto Alegre

12ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

  • 10/01/2017
  • 17:07
  • Atualização: 17:11

Focado na sua recuperação, Neto garante que não guarda raiva de ninguém

Zagueiro da Chapecoense foi um dos sobreviventes do trágico acidente envolvendo a delegação do time

Zagueiro da Chapecoense foi um dos sobreviventes do trágico acidente envolvendo a delegação do time | Foto: Reprodução / CP

Zagueiro da Chapecoense foi um dos sobreviventes do trágico acidente envolvendo a delegação do time | Foto: Reprodução / CP

  • Comentários
  • AE

Um dos sobreviventes da tragédia aérea da Chapecoense, o zagueiro Neto voltou a falar nesta terça-feira sobre a tragédia que matou 71 pessoas no fim de novembro, na Colômbia. Ainda com dificuldades na fala, devido aos procedimentos realizados em sua recuperação, o jogador comentou sobre as expectativas para o futuro e descartou qualquer tipo de rancor em relação aos responsáveis pelo acidente.

"A maioria da pessoas que tiveram sucesso foi corajosa, persistente. Eu tenho coragem para conseguir (ir em frente). Não tenho raiva de ninguém. Lógico que foi uma loucura o que aconteceu. Eu me lembro muito bem o que aconteceu no avião. Mas não tenho raiva do que o piloto fez", afirmou em entrevista coletiva.

Neto se referiu diretamente a Miguel Quiroga, um dos sócios da LaMia e piloto do avião que caiu nas cercanias de Medellín. Miguel foi um dos mortos no acidente, mas recentemente uma investigação do governo boliviano culpou a empresa e o empresário pelo ocorrido, além de ter iniciado um inquérito para investigar diversos outros representantes da LaMia e responsáveis pela fiscalização dos serviços aéreos no país.

Mas Neto prefere não pensar nisso, e sim focar em sua recuperação. O zagueiro tem recebido apoio de todos os lados, inclusive de ex-companheiros, e se apega à religião para buscar forças para concluir este processo e voltar aos gramados com a camisa da Chapecoense.