Porto Alegre

12ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

  • 11/01/2017
  • 15:41
  • Atualização: 15:45

Barça não fará "loucuras" para renovar com Messi, afirma dirigente

Diretor-geral do clube declarou que negociações serão com "bom senso" e respeitando orçamento

Barça não fará loucuras para renovar com Messi, afirma dirigente | Foto: Lluis Gene / AFP / CP

Barça não fará loucuras para renovar com Messi, afirma dirigente | Foto: Lluis Gene / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O Barcelona pretende prolongar o contrato com a estrela argentina Lionel Messi, atualmente com vínculo até 2018, mas o fará com "bom senso" e respeitando o orçamento do clube, declarou nesta quarta-feira o diretor-geral do clube, Oscar Grau.

"Precisamos analisar isso, estamos trabalhando com bom senso e discrição", explicou o dirigente catalão. "Queremos que Messi fique e encontraremos uma maneira de atingir esse objetivo, isso é certo. Eu gostaria de tranquilizar os sócios do clube".

Após as recentes renovações até 2021 dos contratos do brasileiro Neymar (24 anos) e do uruguaio Luis Suárez (29 anos), o Barça já anunciou sua vontade de fazer o mesmo Messi (29 anos), maior estrela do clube.

Lionel Messi chegou ao Barça ainda adolescente e só vestiu profissionalmente a camisa do clube catalão, conquistando quatro Ligas dos Campeões (2006, 2009, 2011, 2015). Em novembro, Messi marcou seu 500º gol pelo Barça.

Com o início das negociações, o jornal catalão Mundo Deportivo citou um possível novo contrato com Messi até 2022, e que faria do argentino o jogador mais bem pago do mundo. Atualmente, o camisa 10 do Barça recebe cerca de 20 milhões de euros por ano, segundo a imprensa espanhola.

Oscar Grau, porém, lembrou que o Barcelona precisava respeitar um teto salarial e que nenhuma loucura poderia ser feita em relação à remuneração de jogadores. "Temos que ser muitos estritos a nível de orçamento, não podemos fazer loucuras".

O dirigente afirmou também que o Barcelona não pretende se reforçar na janela de transferência de janeiro, a não ser em caso de saída de algum jogador. A imprensa catalã cogita a chegada de um lateral-esquerdo para substituir Aleix Vidal, muito criticado pelas fracas atuações. "Se ninguém sair, ninguém vai chegar", concluiu Grau.