Correio do Povo | Notícias | Presidente do Leicester morto em acidente de helicóptero é homenageado

Porto Alegre, sexta-feira, 20 de Setembro de 2019

  • 29/10/2018
  • 16:45
  • Atualização: 16:50

Presidente do Leicester morto em acidente de helicóptero é homenageado

Tragédia vitimou outras quatro pessoas que viajavam na aeronave

Homenagens à memória do bilionário foram deixadas no estádio King Power  | Foto: Paul Ellis / AFP / CP

Homenagens à memória do bilionário foram deixadas no estádio King Power | Foto: Paul Ellis / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O tailandês Vichai Srivaddhanaprabha, presidente do Leicester City falecido no sábado em um acidente de helicóptero, foi homenageado nesta segunda-feira perto do local da queda da aeronave, nas imediações do estádio do clube. A viúva de Srivaddhanaprabha e seu filho Aiyawatt, vice-presidente do clube, depositaram uma coroa de flores diante do estádio King Power, onde se acumularam homenagens para honrar a memória do bilionário tailandês e das outras quatro pessoas que morreram no acidente de helicóptero.

O príncipe William, presidente honorário da Federação Inglesa de Futebol, citou em comunicado "à grande contribuição ao futebol" feita por Vichai Srivaddhanaprabha, um homem de "valores fortes". A primeira-ministra inglesa, Theresa May, também apresentou suas condolências. "Meus pensamentos estão com a família, os amigos e os torcedores afetados pelo acidente trágico de sábado à noite", escreveu no Twitter.

"Você mudou o futebol para sempre. Deu a cada um a esperança de fazer possível o impossível", lembrou por sua vez o goleiro do Leicester, o dinamarquês Kasper Schmeichel, referindo-se ao inesperado título da Premier League conquistado pelo clube em 2016.

Fiel a seus costumes, Vichai Srivaddhanaprabha deixou no sábado o estádio após a partida do Leicester com o West Ham em seu helicóptero, que decolou do centro do campo. A aeronave caiu logo em seguida, em um estacionamento ao lado do estádio. Os agentes do escritório de investigação britânico para acidentes aéreos -Air Investigation Branch (AAIB)- anunciou nesta segunda-feira que iniciou um estudo da caixa preta do helicóptero.

Primeiro acidente

A empresa italiana Leonardo, fabricante do helicóptero AW169 em que Srivaddhanaprabha viajava, declarou "estar preparada para ajudar a AAIB" em sua investigação e "determinar as causas do acidente". A empresa afirmou tratar-se "do primeiro acidente" com este modelo de aeronave.

Vichai Srivaddhanaprabha comprou o Leicester City em 2010 por 40 milhões de euros no momento em que o modesto clube estava na segunda divisão inglesa e, em 2016, viu o time conquistar um inesperado e improvável título da Premier League, a primeira divisão inglesa. O empresário, falecido aos 60 anos, era o quinto homem mais rico da Tailândia, segundo a revista Forbes, com uma fortuna avaliada em cerca de 5 bilhões de dólares.

Dono da King Power, possuía um império no setor muito lucrativo das lojas duty free, após garantir o monopólio deste comércio nos aeroportos da Tailândia, um país que recebe dezenas de milhões de turistas por ano. A polícia também identificou as outras quatro vítimas do acidente: Nursara Suknamai e Kaveporn Punpare, dois membros da equipe de Srivaddhanaprabha, além dos pilotos Eric Swaffer e Izabela Roza Lechowicz.