Porto Alegre

20ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 24 de Setembro de 2017

  • 14/09/2017
  • 00:08
  • Atualização: 00:47

Vanderlei brilha e Santos empata com Barcelona no Equador

Time brasileiro consegue vantagem do saldo qualificado com 1 a 1 fora de casa

Time brasileiro permanece invicto no campeonato  | Foto: Rodrigo Buendia / AFP / CP

Time brasileiro permanece invicto no campeonato | Foto: Rodrigo Buendia / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

Invicto na Libertadores, o Santos deu bom passo para se classificar às semifinais da competição, nesta quarta-feira, depois de empatar em 1 a 1 com o Barcelona de Guayaquil no Equador. O atacante Bruno Henrique abriu o placar logo no primeiro minuto do segundo tempo, mas Jonathan Álvez buscou o empate, aos 33. Com o resultado, o Peixe leva para casa a vantagem de ter marcado gol no campo do adversário e pode até empatar sem gols na Vila Belmiro para se garantir entre os quatro melhores do torneio.

O goleiro Vanderlei foi um dos destaques da equipe brasileira, realizando pelo menos três defesas difíceis e decisivas para o bom resultado no Equador. O camisa 1 está sob os olhares de Tite para possível convocação para a Seleção.

O time brasileiro manteve bom retrospecto contra os equatorianos. Nos quatro duelos até agora, o Santos venceu três e só empatou uma vez. O resultado fora de casa também aumentou a sequência invicta do time: já são 17 partidas seguidas sem perder.

Pressão inicial

Apesar de não ir bem no campeonato do seu país, o Barcelona eliminou o todo poderoso Palmeiras nas oitavas de final ao começar vencendo a eliminatória por 1 a 0 em casa. No entanto, a história contra o Santos tem roteiro diferente até o momento.

Os donos da casa, apoiados pelos mais de 40 mil torcedores no estádio Monumental, começaram pressionando o alvinegro praiano. A primeira grande chance veio 6 minutos do primeiro tempo, mas Vanderlei salvou em bela defesa à queima roupa.

Depois de 15 minutos iniciais de blitz equatoriana, o Santos começou a colocar a bola no chão para evitar a correria dos anfitriões. A equipe brasileira se defendia bem, mas não conseguia criar jogadas, pois os jogadores da frente estavam distantes uns dos outros e a bola não ficava muito tempo no campo de ataque. O tempo passou e o árbitro terminou o primeiro tempo sem gols.

Gol relâmpago

Na volta do intervalo, o jogo não poderia ter ficado melhor para o Peixe. Lucas Lima sofreu falta poucos segundos depois da bola rolar. Na cobrança, o camisa 10 alçou na área, os jogadores brasileiros trocaram passes de cabeça e David Braz deixou Bruno Henrique livre para empurrar para as redes, no primeiro minuto.

Assim como no primeiro tempo, a equipe de Levir Culpi mostrou segurança no sistema defensivo. Com a necessidade de empatar a partida diante de sua torcida, o Barcelona começou a abrir espaço para os contra-ataques. Mas o Santos não aproveitou e vacilou.

Principal força dos anfitriões, a jogada de bola parada recolocou o Barcelona na partida.

Aos 33 minutos, Díaz cobrou escanteio e Jonatan Álvez subiu mais que a zaga para tocar de cabeça para o gol de Vanderlei. O gol incendiou o estádio, que andava quieto com as poucas chances criadas pelo time e pelo resultado ruim em casa. Embalado pelo empate, o Barcelona partiu para cima nos 10 minutos finais em busca da virada. Aos 40, Vanderlei salvou o Santos mais uma vez.

A partida de volta é na próxima quarta-feira, dia 20 de setembro. O vencedor da eliminatória encara quem se der melhor no duelo brasileiro entre Grêmio e Botafogo, que empataram sem gols no Rio de Janeiro no jogo de ida.