Porto Alegre

20ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

  • 19/11/2017
  • 20:56
  • Atualização: 07:42

Reservas do Grêmio perdem por 1 a 0 para o Santos

Tricolor fez bom primeiro tempo, mas sofreu gol no contra-ataque e não conseguiu reagir

Tricolor fez bom primeiro tempo, mas sofreu gol e não teve resposta na segunda etapa | Foto: Guilherme Dionizio / Codigo 19 / Folhapress / CP

Tricolor fez bom primeiro tempo, mas sofreu gol e não teve resposta na segunda etapa | Foto: Guilherme Dionizio / Codigo 19 / Folhapress / CP

  • Comentários
  • Bernardo Bercht

Os reservas do Grêmio fizeram um bom primeiro tempo, mas perderam chances e viram o Santos aplicar o castigo. O resultado foi uma derrota por 1 a 0 na Vila Belmiro, com um futebol pobre apresentado por ambas as equipes na etapa final neste domingo.

Com o resultado, o Tricolor estaciona em 61 pontos e vê o Peixe encostar com 59 na luta pelo vice-campeonato. Agora, o foco é todo na final da Libertadores, quarta-feira na Arena contra o Lanús. Depois, no domingo, os gremistas encaram o Atlético-GO.

Apesar de mandar a campo reservas e garotos da base, o Grêmio fez frente ao Santos no primeiro tempo. Inclusive, teve as melhores chances de marcar. Sofreu, contudo, o gol no contra-ataque após repetição de falhas defensivas.

Quem brilhou primeiro, contudo, foi o goleiro Paulo Victor. Aos 8 minutos, Bruno Henrique cobrou escanteio e Jael tirou parcialmente de cabeça. Alisson pegou de primeira na sobra. A bola quicou no gramado e entraria no ângulo esquerdo, mas o goleirão saltou no reflexo para tirar de soco.

O Grêmio deu sinal de vida aos 15 minutos. Kaio recebeu na intermediária e arrancou com a bola. A dois passos da meia-lua, soltou a bomba, mas Vanderlei conseguiu espalmar no canto direito.

Tricolor desperdiça e recebe o castigo

Vanderlei voltou a salvar os donos da casa dois minutos depois. Machado foi lançado na direita e rolou para a área. Patrick estava a dois passos do gol, com a meta à disposição, mas chutou fraco e em cima do goleiro. Aos 18, Machado cobrou falta na esquerda, a bola desviou na barreira e quase entrou no ângulo.

O Tricolor seguiu tocando bem a bola e ocupando o campo de ataque, mas sem acertar a mira. Aos 29, Jael ajeitou no peito e serviu Dionathã. O guri enfiou o pé e merecia um o golaço, mas bateu no poste do ângulo direito.

Era o Grêmio que pressionava, mas uma sequência de erros resultou no gol do Peixe, aos 31 minutos. Cristian fez um passe errado para a área, a zaga afastou. Kaio errou o bote de cabeça no meio e sobrou para Copete. Em velocidade, ele invadiu a área e tocou por cobertura na saída de Paulo Victor, anotando o 1 a 0.

O Santos cresceu e só não marcou por conta de Paulo Victor. O goleiro tirou no ângulo um cabeceio no contrapé de Ricardo Oliveira. No lance seguinte, Copete foi lançado na esquerda, nem Leonardo nem Bressan deram combate. Veio o cruzamento e Bruno Henrique subiu sozinho para cabecear. Para sorte da equipe gaúcha, mandou para fora.

Antes do intervalo, o Grêmio ainda teve duas chances de empatar. Aos 41, Leonardo foi lançado na direita e cruzou com açúcar para Jael. O centroavante cabeceou firme, mas mandou sobre a meta santista. Quatro minutos depois, Cristian lançou na direita, Leonardo fez grande cruzamento para Jael, mas o centroavante perdeu mais um. Subiu livre entre dois e testou por cima.

Com a vantagem no placar, o Santos fechou espaços e passou a apostar nos contragolpes. Só que o Grêmio também não mostrou muita iniciativa, deixando o jogo truncado.

Poucas chances e inspiração

Aos três minutos, porém, Jael foi lançado por Leonardo na área, mas correu atrasado. Na cara do gol, viu a bol passar a poucos centímetros dos seus pés. O Grêmio teve a chance em escanteio, aos 8 minutos. Kaio cobrou baixo, a zaga tirou parcialmente e Bressan tentou o chute no rebote, mas mandou o voleio por cima.

Paulo Victor teve que trabalhar aos 10. Copete fez bom lançamento na direita. Cristian chegou atrasado e Bruno Henrique conseguiu invadir a área. Experimentou o chute cruzado, mas o goleiro gremista espalmou.

Nos minutos finais, a equipe tricolor ensaiou uma pressão, mas desorganizada. Jael viu a bola passar perto duas vezes na área, mas sem chegar a tempo para concluir. O Santos ensaiou um contragolpe certeiro para matar o jogo, mas Bruno Henrique parou na marcação de Bressan. Fim de jogo e vitória magra para os santistas.

A partida se arrastou até os 28 minutos. O Grêmio cercando a área, viu passe errado de Leonardo abrir contragolpe. Ricardo Oliveira recebeu, invadiu a área da esquerda e chutou forte, mas Paulo Victor fechou o ângulo, evitando o gol.

Brasileirão 2017 – 36ª rodada

Santos 1

Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe e Jean Mota; Alison, Renato, Vecchio (Daniel Guedes) e Copete (Arthur Gomes); Ricardo Oliveira (Orinho) e Bruno Henrique. Técnico: Elano.  

Grêmio 0

Paulo Victor; Leonardo, Thyere, Bressan e Conrado; Cristian, Machado, Patrick (Batista) e Kaio (Pepê); Dionatã (Lucas Poletto) e Jael. Técnico: César Bueno. 

Gol: Copete, aos 31/1º; 

Cartões amarelos: Lucas Veríssimo (S); Alison (S); Kaio (G); Jael (G); 

Árbitro: Péricles Cortez (PE)

Local: Vila Belmiro, São Paulo.