Porto Alegre

20ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

  • 26/11/2017
  • 18:55
  • Atualização: 19:02

Na despedida da Arena em 2017, Grêmio empata com o rebaixado Atlético-GO

Lucas Poletto, para o Tricolor, e Andrigo, para o Dragão, marcaram os gols do jogo

  • Comentários
  • Correio do Povo

Os reservas do Grêmio empataram com o lanterna e rebaixado Atlético-GO, em 1 a 1, neste domingo, na Arena. O primeiro tempo foi pobre tecnicamente, com as duas defesas levando vantagem sobre os atacantes e poucas chances foram criadas. Na segunda etapa, os comandados de Renato Portaluppi melhoraram, mas acabaram sofrendo um gol em contra-ataque. Dois minutos depois, após escanteio, conseguiu o tento de empate.

Com o resultado, o Tricolor segue na segunda colocação com 62 pontos, mas pode ser ultrapassado na segunda-feira pelo Palmeiras, que enfrenta o Botafogo, no Allianz Parque, às 20h. Os goianos seguem na última posição com 35.

O Grêmio encerra a participação no nacional no próximo domingo, às 17h, contra o Atlético-MG, no estádio Independência. Já o Dragão faz a última apresentação na Série A, no mesmo dia e horário, contra o Fluminense, no estádio Olímpico de Goiânia.

Dragão tem maior volume de jogo, mas sem chances claras

Mais entrosado, o Atlético-GO dominou as ações ofensivas nos primeiros minutos e até os 16 minutos finalizou duas vezes contra a meta de Paulo Victor. Ambas saíram desviadas pela linha de fundo. Aos 22 minutos, Thyere tentou driblar dentro da área, perdeu a bola para Andrigo, que cruzou para trás para Luiz Fernando, que chutou forte à esquerda da meta de Paulo Victor.

O Grêmio apresentava dificuldades na armação das jogadas do meio de campo e buscava as laterais e os lançamentos para chegar ao ataque. Com um jogo pobre tecnicamente, o Tricolor só foi levar perigo com um erro da defesa do Dragão. Aos 24, o zagueiro Gilvan deu um chute na perna de Kaio, dentro da área. O meio-campista avançou e chutou próximo ao poste esquerdo de Kléver.

Após o lance, o Atlético-GO voltou a pressionar. Diego Rosa recebeu passe próximo à linha da pequena área, aos 27, e chutou. Paulo Victor fez defesa firme. Dois minutos depois, mais um lance bizarro. Machado tentou atrasar do campo ofensivo para o goleiro Paulo Victor, mas chutou na bandeirinha de escanteio. Nos minutos finais, os goianos seguiram insistindo e o Grêmio tentando surpreender nos contra-ataques.

Equipes dividem ações ofensivas e marcam

Na segunda etapa, Cristian não voltou do vestiário e Renato Portaluppi colocou o jovem Lucas Poletto. Mesmo com a mudança, foi o Atlético-GO que criou a primeira oportunidade nos últimos 45 minutos. Após chute da esquerda, Bruno Henrique afastou para o interior da área e a bola sobrou para Bruno Lopes, que chutou cruzado. A esférica ainda desviou em Thyere antes de sair pela linha de fundo, à esquerda da meta de Paulo Victor.

Dois minutos depois, Dionathã foi à linha de fundo, olhou os companheiro e cruzou para o interior da grande área. Poletto errou o chute na frente de Kléver e a defesa afastou. Com uma nova postura, os reservas passaram a ter maior posse de bola e a ter mais jogadas ofensivas. Entretanto, os erros continuavam. Aos 14, Dionathã foi à linha de fundo, pela esquerda, e cruzou, mas o marcador conseguiu colocar o pé. Na sequência, Kaio cobrou escanteio da esquerda de ataque, Thyere subiu mais alto que o defensor e cabeceou. Kléver fez defesa tranquila.

Aos 24 min, Andrigo recebeu passe dentro da área e chutou no canto inferior direito do goleiro Paulo Victor: 1 a 0. Dois minutos depois, após escanteio, Rafael Thyere cabeceou e Kléver fez um milagre espalmando a bola que foi no ângulo. A esférica bateu no travessão e sobrou para Lucas Poletto cabecear, sem marcação, e deixar tudo igual. Grêmio 1 a 1 Dragão.

Após o gol, o Atlético-GO passou a esperar o Tricolor para contra-atacar. Com isso, os comandados de Renato Portaluppi passaram a dominar as ações ofensivas. Aos 43, Dionathã cobrou falta da intermediária e a bola passou rente ao poste superior de Kléver. Com o erro, a partida foi até o apito final sem novas oportunidades de gol.

Brasileirão 2017 - 37ª rodada

Grêmio (1)

Paulo Victor; Leonardo, Rafael Thyere, Bruno Rodrigo e Conrado; Cristian (Lucas Poletto), Machado (Vico), Kaio e Patrick (Jean Pyerre); Beto da Silva e Dionathã.

Técnico: Renato Portaluppi

Atlético-GO (1)

Kléver; Jonathan, Gilvan, William Alves e Breno Lopes; André Castro, Igor (Jefferson Nem), Andrigo e Jorginho; Luiz Fernando e Diego Rosa (Alison).

Técnico: J. P. Sanches

Gols: Andrigo (24min/2ºT) e Lucas Poletto (26min/2ºT)

Cartões amarelos: Gilvan, Leonardo e Machado (Grêmio) e André Castro e William Alves (Atlético-GO)

Público total: 8.259

Renda: R$ 197.923,00

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Data: 26 de novembro de 2017.

Árbitro: Bruno de Araújo (RJ).

Auxiliares: Luiz Cláudio Regazone (RJ) e Eduardo de Souza Couto (RJ).