Porto Alegre

13ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 27 de Abril de 2017

  • 16/03/2017
  • 18:03
  • Atualização: 18:14

Léo Moura deixa desconfiança para trás e vê bom começo no Grêmio

Com participação importante nos jogos iniciais da temporada, lateral atribui fase a resultado do trabalho

Léo Moura acredita que tem aproveitado oportunidades no Grêmio | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

Léo Moura acredita que tem aproveitado oportunidades no Grêmio | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Contratado sob desconfiança de torcida e imprensa pelos 38 anos de idade, Léo Moura tem tido um bom começo de temporada no Grêmio. Autor do primeiro gol tricolor na Libertadores da América na vitória sobre o Zamora, ele disse nesta quinta-feira que viu com naturalidade as críticas que recebeu antes de estrear no clube. O jogador afirmouque o bom desempenho é resultado do trabalho que tem feito nos treinos.

“A desconfiança é natural, normal, sempre existe para o jogador de futebol. Desde que cheguei deixei claro que daria a resposta dentro de campo. Joguei o meu futebol, que sei e me levou a grandes conquistas. Se o Grêmio me trouxe é porque confia no meu trabalho. Estou jogando meu futebol e as pessoas têm visto que a contratação está dando certo”, disse ao ser questionado se estava calando os críticos com suas atuações.

Apesar do bom momento, Léo Moura vai ganhar um rival na briga pela titularidade na lateral direita. Edílson, titular no ano passado, está recuperado de lesão na panturrilha e já à disposição de Renato Portaluppi. O veterano pontuou que a disputa é sadia, mas ressaltou que aproveitou a oportunidade que recebeu.

“Sempre vou respeitar o companheiro de equipe, mas vou buscar meu espaço. Quando tive a oportunidade, aproveitei. Sei que o Edílson é um grande jogador, não precisa provar mais nada para ninguém aqui no Grêmio. Futebol é oportunidade e você tem que aproveitar quando tem. A disputa será sempre sadia”, afirmou ele, que admitiu a possibilidade de jogar também no meio-campo.

“No ano passado joguei três ou quatro partidas no meio-campo, mas na maior parte atuei na lateral. Essa decisão é do Renato, que sabe onde o jogador vai render melhor. Estou aqui para ajudar, independente do lugar. Eu me sinto bem na lateral, mas estou pronto para ajudar onde o Renato precisar”, completou.

Descanso para os titulares

O elenco do Grêmio se reapresentou no CT Luiz Carvalho na tarde desta quinta-feira após o empate em 1 a 1 com o Brasil de Pelotas. Os titulares foram poupados do trabalho com bola. Renato Portaluppi deve definir o time para enfrentar o Veranópolis no domingo, às 16h, na atividade desta sexta, que terá a primeira parte fechada para imprensa.

A escalação do Grêmio para enfrentar tem duas dúvidas. A principal é quanto ao substituto de Bolaños, suspenso. Barrios e Gastón Fernández são os mais cotados. Já Marcelo Grohe teve constatado um edema na coxa e será reavaliado.


TAGS » Grêmio, Futebol, Esporte