Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 29 de Maio de 2017

  • 23/04/2017
  • 21:49
  • Atualização: 21:50

Grêmio "jogou muito melhor, mas deu mole", afirma Renato

Técnico prega foco na Libertadores após Novo Hamburgo "ser mais feliz nas penalidades"

Técnico prega foco na Libertadores após Novo Hamburgo

Técnico prega foco na Libertadores após Novo Hamburgo "ser mais feliz nas penalidades" | Foto: Ricardo Giusti

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

O técnico Renato Portaluppi não creditou às atuações frente ao Novo Hamburgo a eliminação do Grêmio de mais um Gauchão. Na análise do técnico, o grupo "jogou muito melhor nos dois jogos, criou as melhores oportunidades", mas pecou em falhas pontuais. "Demos mole", definiu.

"Tivemos falhas e temos falhado bastante", reforçou Renato. "Demos mole em dois jogos e a bola pune. Nos dois resultados saímos na frente, tinhamos tudo para sair classificados e demos mole", repetiu o técnico.

Ele frisou, contudo, que ficar fora da decisão não vai afetar o moral do plantel. "O grupo do Grêmio é muito bom, está totalmente blindado e as decisões são tomadas entre cinco ou seis pessoas com muita inteligência", ponderou. "A programação do Grêmio foi muito bem elaborada. Hoje jogamos muito bem aqui, a equipe correu e produziu muito. O Novo Hamburgo teve mais felicidade nas penalidades", avaliou Renato.

Sobre os erros das partidas, em si, o treinador descartou que estejam sendo repetidas dificuldades defensivas do ano passado. "Se pegar o melhor time em termos de bola aérea do mundo, esse time também toma gols de cabeça", comentou. "Corrigimos e diminuímos bastante os gols sofridos de cabeça", afirmou Renato.

O foco, como era de se esperar, agora é total na Libertadores. "Agora precisa esquecer o Gaúcho, temos jogo importante na quinta-feira e temos que dar seguimento ao trabalho", argumentou. "Infelizmente saímos para a equipe de melhor campanha do campeonato. É do interior? Não tem problema nenhum."