Porto Alegre

24ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 18 de Novembro de 2017

  • 11/09/2017
  • 15:19
  • Atualização: 15:36

Analista de arbitragem destaca falta de experiência de árbitro de Botafogo e Grêmio

Fabrício Neves Correa disse que Conmebol deveria ter escalado um juiz mais rodado

José Argote apitará jogo de ida entre Botafogo e Grêmio | Foto: Conmebol / Divulgação / CP

José Argote apitará jogo de ida entre Botafogo e Grêmio | Foto: Conmebol / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

O comentarista de arbitragem da Rádio Guaíba e Grupo Record, Fabrício Neves Correa, analisou a escolha da Conmebol do venezuelano José Argote, de 36 anos, para comandar o jogo de ida das quartas de final da Libertadores entre Botafogo e Grêmio nesta quarta-feira, às 21h45min, no estádio Nilton Santos. Para o analista, a entidade deveria ter escolhido um juiz mais experiente pelo tamanho do confronto.

“Eu discordei um pouco da escolha da Conmebol, pois é um jogo decisivo. Quartas de final de Libertadores da América e com dois times brasileiros. Certamente vão usar muito de catimba e experiência. São times acostumados a competições internacionais, então, acreditava que deveria cair para uruguaios ou argentinos”, afirmou.

Nascido na Colômbia, José Argote apita pela Venezuela. No ano passado, ele causou polêmica na partida entre Atlético Nacional e Huracán pelas oitavas de final da Libertadores. Na ocasião, o time de Medellín garantiu a classificação com vitória de 4 a 2. Os argentinos reclamaram muito de Argote pela marcação de um pênalti para o time colombiano, além da expulsão de um jogador do Huracán.

“O trio é comandado por José Argote e auxiliado por Luiz Murillo e Carlos Lopez. Eles não têm feito grandes jogos da Libertadores, mas acho uma aposta da Conmebol. É um árbitro que vai se apresentar de acordo de com o jogo virá. Não são árbitros muito conhecidos de quem acompanha as escalas de Conmebol, mas torcemos que eles tenham uma grande arbitragem neste jogo muito importante”, completou Fabrício.

A partida de volta entre Grêmio e Botafogo, no próximo dia 20 na Arena, será apitada por um trio argentino, comandado por Patrício Loustau. Experiente, de 42 anos, Loustau vem sendo escalado para grandes jogos no seu país. Neste ano foi o responsável pelo apito no clássico entre Boca Juniors e River Plate, na Bombonera. Em 2016, ele apitou a final da Copa Argentina entre River Plate e Rosario Central.