Correio do Povo | Notícias | De olho na vaga direta, Grêmio encara a Chapecoense na Arena

Porto Alegre, sexta-feira, 19 de Julho de 2019

  • 18/11/2018
  • 08:34
  • Atualização: 08:38

De olho na vaga direta, Grêmio encara a Chapecoense na Arena

Tricolor entra em campo a partir das 19h

Tricolor empatou com o São Paulo na quinta-feira e segue no G-4 | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

Tricolor empatou com o São Paulo na quinta-feira e segue no G-4 | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O Grêmio faz neste domingo sua penúltima partida em casa na temporada. E o duelo diante da Chapecoense, a partir das 19h, na Arena, é de extrema importância para que o clube tenha um final de ano com balanço positivo dentro de campo. O Tricolor, que na quinta-feira empatou com o São Paulo e se manteve no G-4 do Campeonato Brasileiro, depende apenas de si para terminar a competição no grupo dos quatro primeiros e se classificar de forma direta para a fase de grupos da Libertadores de 2019.

CORREIO DO POVO TRANSMITE A PARTIDA MINUTO A MINUTO A PARTIR DAS 19h

Em meio à dúvida quanto à sua permanência no cargo no próximo ano, o técnico Renato Portaluppi terá muito trabalho para escalar o time. E a zaga é o setor que mais preocupa no momento. Kannemann está com a seleção argentina, Paulo Miranda deixou o jogo na quinta-feira com um problema muscular e não deve jogar. Já Bressan está afastado dos jogos após os acontecimentos na eliminação da Libertadores da América.

Com isso, Renato tem duas opções. A primeira é manter Michel, improvisado, ao lado de Pedro Geromel. E a segunda é promover o retorno de Bressan. Porém, como o jogo é na Arena, essa possibilidade é muito remota, pois poderia causar um desgaste ainda maior entre o jogador e a torcida. O jovem Derlan, de 22 anos, treinou com os grupo principal na sexta-feira, indício de que deverá ficar no banco de reservas neste domingo.

Na lateral direita, Leo Moura está de volta. No meio-campo, o treinador pode ficar sem o volante e capitão Maicon, outro que deixou a partida no Morumbi sentindo dores musculares. Luan segue com o problema da fascite plantar, não treinou na sexta-feira e vai desfalcar a equipe em mais uma partida. Depois de enfrentar a Chape, restarão três partidas para o término do ano, e a chance de Luan não atuar mais em 2018 é concreta. O garoto Jean Pyerre pode ganhar uma sequência entre os titulares na vaga de Luan.

Chapecoense só pensa na recuperação

Sem tempo para digerir a derrota por 1 a 0 frente ao Botafogo na Arena Condá, em Chapecó (SC), a Chapecoense precisa pensar no Grêmio. Ainda buscando tirar o time da zona de rebaixamento, onde encontra-se com 37 pontos, o técnico Claudinei Oliveira ensaiou apenas uma mudança na equipe, já que perdeu o volante Amaral por suspensão.

Apostando na experiência de seus atletas, o treinador deve promover o retorno de Marcio Araújo, formando o meio de campo com Elicarlos, Doffo e Canteros. Por outro lado, Leandro Oliveira e Wellington Paulista devem seguir como titulares no setor ofensivo. "Estamos trabalhando com cautela. Precisamos dos jogadores inteiros fisicamente para fazer um grande jogo contra o Grêmio. A sequência está forte e não podemos pensar em outro resultado fora da vitória. Mas pode ter a certeza que quem estiver em campo vai render o seu melhor", prometeu o treinador.

O zagueiro Douglas seguiu a linha de pensamento de seu comandante e previu um duelo difícil diante de um Grêmio em situação oposta na tabela de classificação. "Temos um jogo difícil diante do Grêmio. É um time que briga por uma vaga na fase de grupos da Libertadores e vai ser complicado. Mas nós lutamos pela sobrevivência. Como não fizemos nosso papel dentro de casa, vamos ter que buscar os três pontos no sul. Precisamos colocar a cabeça no lugar, ter tranquilidade e jogar futebol", avisou o zagueiro.

Se vencer o Grêmio já é um desafio, em Porto Alegre é mais difícil ainda. Mesmo porque só há duas rodadas atrás é que a Chapecoense conquistou a sua primeira vitória longe de sua torcida, após bater o Santos por 1 a 0, no estádio do Pacaembu, em São Paulo.

Brasileirão 2018 - 35ª rodada

Grêmio

Paulo Victor; Léo Moura, Pedro Geromel, Michel e Bruno Cortez; Cícero, Matheus Henrique, Ramiro, Jean Pyerre e Everton; Jael. Técnico: Renato Portaluppi.

Chapecoense

Jandrei; Eduardo, Douglas, Fabrício Bruno e Bruno Pacheco; Marcio Araújo, Elicarlos, Doffo e Canteros; Wellington Paulista e Leandro Pereira. Técnico: Claudinei Oliveira.

Local: Arena, Porto Alegre

Árbitro: Leandro Marinho (SP)

Horário: 19h