Correio do Povo | Notícias | Apesar de maior concorrência, Jael exalta reforços do Grêmio

Porto Alegre, domingo, 22 de Setembro de 2019

  • 27/01/2019
  • 17:32
  • Atualização: 17:37

Apesar de maior concorrência, Jael exalta reforços do Grêmio

“Grêmio está montando um grupo para ganhar campeonato”, opinou centroavante

Jael vê grupo do Grêmio mais forte, apesar de concorrência | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / CP

Jael vê grupo do Grêmio mais forte, apesar de concorrência | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Virou o ano e, pouco a pouco, desembarcaram reforços para o técnico Renato Portaluppi, no Grêmio. Mas, apesar da maior concorrência, um dos veteranos no elenco exaltou as contratações. “Um time ganha jogo e um grupo ganha campeonato”, afirmou o centroavante Jael, em entrevista coletiva neste domingo – véspera do primeiro compromisso em casa no ano, diante do Juventude.

Para ele, os reforços, como Felipe Vizeu e Montoya, serão úteis na forma de trabalhar de Renato. “Todo o jogo ele vai mudar peças. Ele tem esse pensamento de estar mudando a equipe para todo mundo estar em ritmo de jogo. Todos que tiverem oportunidades vão tentar dar o seu melhor e deixar para o treinador resolver”, afirmou. “O mais importante é que o Grêmio tem um grupo qualificado com duas ou três peças de qualidade em cada posição. Todos estão cientes do que fazer.”

E Jael disse tampouco saber sobre escalações. “O Renato é uma caixinha de surpresas. Vocês pensam que é só com vocês (imprensa), mas é com a gente também”, contou. Apesar da expectativa e de a possibilidade de revezamento, o atacante declarou estar satisfeito com o que está vendo no Grêmio: “O planejamento foi muito bem feito”, exaltou. “Quem vai para a concentração está pronto para amanhã”, complementou, já referindo-se ao jogo contra o Juventude, pela terceira rodada do Gauchão.

Sobre a partida, o centroavante reconheceu que os gremistas estarão um pouco mais atrasados que o rival na parte física, em virtude do maior tempo de pré-temporada das equipes do interior. “Mas não muda no nosso primeiro jogo dentro de casa, na Arena. É um jogo que vamos buscar o resultado independente de quem entrar ou não. O espírito é de buscar a vitória, o que é mais importante”, destacou.