Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 21 de Julho de 2017

  • 09/07/2017
  • 18:33
  • Atualização: 18:52

Renato define derrota como acidente e diz que moral do grupo segue elevada

Técnico valorizou presença do Grêmio no pelotão da frente e acredita em tropeço do Corinthians

Renato define derrota para Avaí como acidente de trabalho  | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

Renato define derrota para Avaí como acidente de trabalho | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

Surpreendido pelo Avaí dentro da Arena, o Grêmio ainda segue no pelotão da frente do Brasileirão, algo exaltado pelo técnico Renato Portaluppi em entrevista coletiva. A derrota para o time catarinense foi definida pelo comandante gremista como um "acidente de trabalho".

"Eu estou bastante satisfeito com as chances criadas e com o aproveitamento do Grêmio, tanto que a nossa equipe segue sendo uma das que mais faz gols no campeonato. Hoje podemos dizer que foi um acidente de trabalho. Se saíssemos na frente, as coisas teriam sido bem diferentes. Mas não dá para fazer terra arrasada. Está tudo bem e tudo tranquilo porque o Grêmio jogou bem", resumiu Renato. 

Para Renato, o moral do Grêmio é enorme, mesmo com três derrotas consecutivas no Brasileirão, sofridas para Corinthians, Palmeiras e Avaí. "O melhor jogador da partida foi o Douglas, que foi um goleiro que não conseguimos superar. Isso não tira os méritos da minha equipe. Criamos, tivemos oportunidades, e conseguimos a grande chance com o pênalti, que desperdiçamos. O resultado não era o que a gente esperava, mas fazer o quê?", questionou. 

O técnico gremista ainda argumentou que não tem o que falar dos seus comandados. "O moral do Grêmio é imenso porque seguimos como terceiro colocado. Nós não somos imbatíveis e vamos tropeçar uma vez que outra, mas o mais importante é que estamos lá na frente. O objetivo sempre foi esse. O Corinthians está se distanciando mas daqui a pouco alguém vai pegar ele, daquie a pouco ele também vai tropeçar. Ficamos tristes pela derrota, mas não vamos mudar o que estamos fazendo", avisou. 

Foco do Grêmio 

Renato, mais uma vez, falou da dificuldade que o Grêmio vem enfrentando por estar em três competições de alto nível. "O normal, no momento em que você joga três competições grandes, era estar bem em uma, mal em outra e fora da terceira. O Grêmio está bem em todas. O Corinthians não é o nosso único adversário. Talvez seja porque está na frente, mas temos muitos inimigos e tem muita coisa pela frente. Acho que é importante voltar a pontuar para continuar na turma dos primeiros colocados", explicou.