Porto Alegre

21ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 19 de Outubro de 2017

  • 13/10/2017
  • 10:51
  • Atualização: 11:40

Returno do Grêmio é o pior do clube na história dos pontos corridos

Tricolor venceu apenas duas partidas de oito disputadas no Brasileirão

Beto da Silva foi o último jogador a marcar pelo Grêmio | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP memória

Beto da Silva foi o último jogador a marcar pelo Grêmio | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP memória

  • Comentários
  • Correio do Povo

O segundo turno do Grêmio é o pior de todos os Campeonatos Brasileiros que participou, no formato com 20 clubes com pontos corridos. Em oito partidas, os comandados de Renato Portaluppi sofreram cinco derrotas, superando em uma o índice da última edição. O aproveitamento da equipe neste período foi de 29,1%. A venda de jogadores, o longo e recheado calendário, as lesões e a distância para o líder são alguns dos fatores apontados para a queda de rendimento.

“Treinei um pouco de tudo. Físico, técnico, tático e chutes a gol, mas uma coisa é ter todo mundo à disposição. Outra é ficar com vários fora. Daí fica difícil. Com vários fora, o rendimento cai. Treinamos e aproveitamos bem (o tempo antes da partida contra o Cruzeiro), mas temos muitos jogadores no departamento médico”, lamentou Portaluppi após a derrota da última quarta-feira.

Ramiro voltou aos treinos na quinta-feira e pode ficar à disposição para o jogo contra o Coritiba, no domingo, às 15h, no Couto Pereira. Michel, que passou por artroscopia, Luan e Cristian já fazem leves trotes, mas ainda não tem retorno confirmado.

Um dos aspectos que explicam a queda de rendimento do time do Grêmio está a falta de gols no returno. Foram seis em oito jogos, mas cinco deles foram marcados contra o Sport, na Arena, no dia 2 de setembro. O sexto, marcado por Beto da Silva, aos 41 minutos do segundo tempo, foi quase um mês depois, no dia 1 de outubro, contra o Fluminense, também no estádio do Tricolor.

Renato Portaluppi e os jogadores prometem trabalho para superar o momento e retomar a série de vitórias. “A gente não está pensando só no dia 25. Algumas derrotas ocorreram também por méritos dos nossos adversários e não por falta de comprometimento e foco. Claro que dia 25 é um jogo muito importante, é normal pensar, mas em nenhum momento esquecemos o jogo do Cruzeiro ou qualquer outro”, declarou Edílson.

O Grêmio volta aos treinos às 15h desta sexta-feira, no Centro de Treinamentos Luiz Carvalho, no bairro Humaitá. Depois, às 19h, o elenco viaja para Coritiba.

Confira os resultados do Grêmio desde 2006 nas primeiras oito partidas do returno (Levantamento feito pelo blog Fazendo Número)

2017 – 7 pontos (2 vitórias, 1 empate, 5 derrotas)

2016 – 8 pontos (2 vitórias, 2 empate, 4 derrotas)

2015 – 12 pontos (3 vitórias, 3 empates, 2 derrotas)

2014 – 13 pontos (4 vitórias, 3 empates, 1 derrota)

2013 – 14 pontos (4 vitórias, 2 empates, 2 derrotas)

2012 – 13 pontos (3 vitórias, 4 empates, 1 derrota)

2011 – 15 pontos (5 vitórias, 3 derrotas)

2010 – 19 pontos (6 vitórias, 1 empate, 1 derrota)

2009 – 12 pontos (3 vitórias, 3 empates, 2 derrotas)

2008 – 9 pontos (2 vitórias, 3 empates, 3 derrotas)

2007 – 16 pontos (5 vitórias, 1 empate, 2 derrotas)

2006 – 19 pontos (6 vitórias, 1 empate, 1 derrota)