Porto Alegre

13ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 23 de Junho de 2017

  • 11/01/2017
  • 11:50
  • Atualização: 12:13

Inter abre temporada de 2017 com missão de voltar à Série A

Dirigentes e comissão técnica cobraram profissionalismo e entrega de jogadores

Grupo de jogadores se reapresentou nesta quarta | Foto: Samuel Maciel

Grupo de jogadores se reapresentou nesta quarta | Foto: Samuel Maciel

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

Com o discurso de que não irá negociar entrega, compromisso e profissionalismo, o Inter abriu na manhã desta quarta-feira a temporada de 2017 com a missão de voltar à elite do futebol brasileiro. Em seu discurso de abertura, o presidente Marcelo Medeiros afirmou que a equipe contará com o apoio incansável da sua torcida e que o clube precisa aprender com o que aconteceu em 2016. 

"O Inter começa em 2017 com a missão e o comprometimento de levar o clube novamente para a elite do futebol brasileiro. Também teremos o compromisso de buscar o título do Campeonato Gaúcho, além da Primeira Liga e da Copa do Brasil. Tenho certeza de que ao final desta caminhada estaremos na Série A. O Inter sempre foi, é e será grande", disse Medeiros.

O vice-presidente de futebol do Inter, Roberto Melo, garantiu que o seu departamento dará todas as condições para que o grupo possa alcançar o sucesso em 2017. "Temos uma missão das mais difíceis e mais importantes da nossa história. Tenho certeza de que teremos êxito na nossa caminhada. Não vamos negociar comprometimento, entrega e profissionalismo. O torcedor vai abraçar a nossa equipe, assim como fez em 2016", afirmou. 

O técnico Antônio Carlos Zago foi o último a falar e pediu que todos os envolvidos no projeto busquem exemplos de superação para ajudar o Inter na Série B. "Fico contente com a oportunidade que me foi dada de dirigir um dos maiores clubes do futebol brasileiro. Eu já fiz parte de uma Série B e posso dizer que é um caminho árduo e difícil, mas com trabalho e de dedicação a equipe do Inter terá condições de voltar para a Série A", explicou.