Porto Alegre

24ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 18 de Novembro de 2017

  • 11/11/2017
  • 19:41
  • Atualização: 19:44

Medeiros fala em “somatório de fatores” para demissão de Guto a três rodadas do fim da Série B

Presidente do Inter ainda descartou mudanças no departamento de futebol

Medeiros concedeu entrevista após demissão de Guto Ferreira | Foto: Felipe Nabinger / Rádio Guaíba / Especial CP

Medeiros concedeu entrevista após demissão de Guto Ferreira | Foto: Felipe Nabinger / Rádio Guaíba / Especial CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A direção do Inter surpreendeu após o empate com o Vila Nova neste sábado e anunciou a demissão do técnico Guto Ferreira a três rodadas do término da Série B. Mesmo com o time precisando apenas de um empate na próxima rodada para confirmar o acesso, o presidente Marcelo Medeiros justificou a decisão por um “somatório de fatores”.

Medeiros afirmou que a direção fez uma ampla análise e entendeu que era necessário fazer a mudança após o quarto jogos sem vitória na Série B. “A gente está em todos os treinos acompanhando, analisando, vamos a todos os jogos. O trabalho do Guto nos trouxe até aqui. Não se troca de treinador a cada tropeço. O somatório do diagnóstico é que, hoje, decidimos que esse é o melhor caminho para o clube", afirmou.

O presidente colorado negou que a decisão tenha relação com a pressão exercida pela torcida, que vaiou o técnico Guto Ferreira antes e depois do empate com o Vila Nova protestou no Beira-Rio. Um grupo que seguia no pátio do estádio comemorou o anúncio da saída do treinador feito pelo vice de futebol Roberto Melo logo após o jogo.

“Obviamente que não. Isso faz parte do futebol. Os treinadores são sempre muito questionados, parte da mídia esportiva simpatizava, outra não com o trabalho do Guto. Não se faz uma decisão dessa profundidade por causa de vaia ou outra manifestação da torcida”, garantiu.

Marcelo Medeiros afirmou que o próximo técnico do Inter será escolhido apenas após a Série B. Ele ainda garantiu que Roberto Melo seguirá com o cargo de vice de futebol para a próxima temporada. Nos últimos três jogos da Série B, Odair Hellmann vai comandar a equipe de forma interina. “O Odair já mostrou sua capacidade neste ano, quando assumiu interinamente na transição do Zago para o Guto”, finalizou Medeiros.


TAGS » Futebol, Inter, Esporte