Correio do Povo | Notícias | Odair aposta em confiança no retrospecto no jogo fora de casa

Porto Alegre

17ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 26 de Maio de 2019

  • 15/09/2018
  • 11:43
  • Atualização: 11:48

Odair aposta em confiança no retrospecto no jogo fora de casa

Equipe colorada já soma 19 pontos conquistados longe do Beira-Rio no Brasileirão

Treinador colorado não descarta nem mesmo uma possível mudança no esquema caso não conte com Dourado | Foto: Ricardo Duarte / Internacional / CP

Treinador colorado não descarta nem mesmo uma possível mudança no esquema caso não conte com Dourado | Foto: Ricardo Duarte / Internacional / CP

  • Comentários
  • Fabrício Falkowski

Vencer a Chapecoense, na Arena Condá, na próxima segunda-feira, é uma obrigação para uma equipe que postula o título brasileiro. O Inter sabe disso. E nem Odair Hellmann, sempre muito ponderado, mostra qualquer pretensão em esconder a ambição colorada. Ele usa o retrospecto da sua equipe longe do Beira-Rio para assentar a pretensão. Fora de casa, o Inter já conquistou 19 de seus 49 pontos. “Independentemente da estratégia que usaremos na partida, a gente tem conseguido bons resultados jogando fora de casa. Vamos lá para buscar a vitória, mas a dificuldade será grande”, enfatiza Odair Hellmann.

Ele lembra que Guto Ferreira, seu colega que treina a Chapecoense, esteve no Inter no ano passado e participou da campanha que devolveu o clube à Série A: “Vamos buscar os pontos, respeitando a equipe adversária. O Guto conhece bem a nossa equipe, pois conviveu aqui. Sabemos as condições que vamos enfrentar, mas tentaremos buscar os três pontos”.

Sobre o time, Odair mantém o mistério. Na sexta-feira, ele realizou mais um treino fechado no Beira-Rio, não revelando se Rodrigo Dourado terá condições de jogar ou não. Ele segue fazendo tratamento médico para recuperar-se de dores no pé direito. “Ainda aguardamos pela situação do Dourado. Realmente, não tenho (uma definição). Não posso passar a situação dele. Esperamos que ele possa estar apto a jogar, porque é jogador encaixado, que é importante para o esquema”, enfatizou o técnico.

Ele abriu outras possibilidades para o caso de ter de substituir Dourado. Deixou a entender que, além de Charles e Gabriel Dias, ele pode mudar o esquema. “Se o Dourado não puder viajar e jogar, vamos ressaltar a importância do grupo, que tem dado boa resposta”, observa. Outra indefinição, neste caso técnica, é entre Leandro Damião e Jonatan Álvez. Completamente recuperado de lesão, o primeiro tem mais chances de iniciar a partida na Arena Condá.