Porto Alegre

21ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 22 de Setembro de 2017

  • 19/02/2017
  • 16:15
  • Atualização: 16:19

Judô brasileiro faz dobradinha e ganha ouro e prata no Aberto de Roma

Eduardo Yudi Santos e Rafael Macedo disputaram na categoria meio-médio

Eduardo Yudi Santos e Rafael Macedo disputaram na categoria meio-médio | Foto: Emanuele Di Feliciantonio / EJU / CP

Eduardo Yudi Santos e Rafael Macedo disputaram na categoria meio-médio | Foto: Emanuele Di Feliciantonio / EJU / CP

  • Comentários
  • AE

O judô brasileiro faturou mais duas medalhas no Aberto de Roma, para homens, na Itália. Depois de dois bronzes no sábado, neste domingo Eduardo Yudi Santos e Rafael Macedo garantiram a dobradinha na categoria meio-médio (até 81kg) ao disputarem a final e faturarem ouro e prata, respectivamente.

Se no sábado Marcelo Contini e Lincoln Neves ficaram com a terceira colocação entre os pesos leves (até 73kg), neste domingo Eduardo e Rafael foram ainda melhores e fizeram com que o Brasil encerrasse a participação com quatro medalhas, como segundo melhor país da competição, atrás somente do Japão.

Eduardo mostrou estar em grande forma e venceu as primeiras quatro lutas por ippon e no tempo normal. Ele deixou para trás o azerbaijano Rufat Ismayilov, o alemão Robin Gutsche, o polonês Jakub Kubieniec e o canadense Etienne Briand.

Do outro lado da chave, Rafael precisou de uma luta a mais para ir à decisão, mas teve trajetória quase tão espetacular quanto seu compatriota. Nas quatro primeiras, passou por ippon pelo norte-americano Nicholas Delpopolo, pelo sueco Olle Mattsson, pelo alemão Benjamin Muennich e pelo italiano Matteo Marconcini. Na semifinal, precisou do golden score, mas também eliminou o japonês Sotaro Fujiwara, graças a um wazari.

Na decisão, então, foi a vez dos brasileiros se enfrentarem. E depois de quatro minutos de um combate equilibrado, sem pontuação para nenhum dos lados, chegou o golden score, no qual Eduardo precisou de 34 segundos para derrubar Rafael e conseguir um wazari.

Oberwart

Ainda neste domingo, as judocas brasileiras encerram a sua participação no Aberto de Oberwart, mas sem o mesmo sucesso. Nenhuma das sete mulheres do País que subiram no tatame neste fim de semana conseguiu faturar uma medalha.

Na categoria até 70kg, Bárbara Timo terminou na sétima colocação após vencer sua primeira luta, mas perder para a japonesa Naeko Maeda nas quartas de final e para a britânica Gemma Howell na repescagem. Já Ellen Furtado, na categoria para judocas acima de 78kg, perdeu para a sul-coreana Eun-Ju Lee logo na estreia.