Porto Alegre

23ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018

Vitrine > Capa

ANO 117 Nº 366 - PORTO ALEGRE, DOMINGO, 30 DE SETEMBRO DE 2012

Sabores japoneses

O sushiman Émerson Yoshimitsu Miyamoto monta sequências de sushis e sashimis

A culinária japonesa é famosa pelos sushis e sashimis, mas vai muito além disso. Conta com muita criatividade em diversos pratos tanto frios como quentes. Flávia Lumi Aso, do restaurante Daimu, de Porto Alegre, explica que a comida japonesa é suave e delicada. Apesar de incluir peixes crus no cardápio, há muitas receitas com cozidos. "Uma das diferenças que o público brasileiro sente é que temos poucas frituras", explica ela, destacando que a gastronomia nipônica é naturalmente light. Cada prato conta com um ritual de preparação. A equipe do Daimu compartilha uma receita de "chawan-mushi", espécie de sopa que se aproxima da consistência de um flã e conta com ovos, frango e camarões no preparo. "Chawan" vem de tigela, em japonês, e "mushi" significa cozido no vapor.

Chawan-mushiIngredientes:Para a massa:

4 ovos

3 xícaras de caldo dashi (600 ml)

2 colheres de chá de sal

2 colheres de chá de açúcar

2 colheres de chá de saquê

2 colheres de chá de shoyu claro

Para o recheio:

100g de sassami de frango

4 camarões

4 cogumelos shiitake frescos

4 fatias de cenoura

Modo de preparar:

1 - Quebre os ovos e misture-os com o caldo dashi. Existem vários tipos de dashi, que são caldos-base (fundos) para sopas e alguns molhos. Neste caso, a base é um caldo de frango. Coe o líquido formado com os ovos e o caldo com um pano ou peneira. Tempere com o shoyu claro, o saquê, o açúcar e o sal.

2 - Prepare os ingredientes do recheio: limpe os camarões e corte o frango em pedaços pequenos. Fatie os cogumelos em tiras de 5 mm (se preferir, pode ser inteiro). No caso de utilizar shiitake seco em vez do fresco, é preciso hidratá-los antes em água fria.

3 - Arrume todos os ingredientes do recheio no fundo das tigelas. Despeje a mistura por cima.

4 - Coloque as tigelas, cobertas, para cozinhar em banho-maria. Cozinhe em temperatura moderada, em fogo baixo, por um período de 15 a 20 minutos. Servido ainda quente no mesmo recipiente em que é cozido, combina muito bem com arroz e vegetais.